Fechar
Publicidade

Sábado, 14 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Doria sanciona mês de combate à leucemia

Denis Maciel/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Proposta, de autoria de Thiago Auricchio, prevê ações de conscientização sobre a doença


Júnior Carvalho
Do Diário do Grande ABC

14/11/2019 | 07:00


O governador João Doria (PSDB) sancionou ontem lei que prevê a conscientização sobre o combate à leucemia, a ser lembrado anualmente como o Fevereiro Laranja. A medida foi proposta pelo deputado estadual Thiago Auricchio (PL), de São Caetano, e aprovada pela Assembleia Legislativa.

Inicialmente, a ideia do parlamentar foi a de obrigar todas as unidades de saúde do Estado a “promoverem ações” sobre o assunto, semelhantes às já conhecidas campanhas Outubro Rosa, que prevê o alerta às mulheres sobre o câncer de mama, e o Novembro Azul, voltado à conscientização de homens sobre o câncer de próstata. Porém, o Palácio dos Bandeirantes vetou o parágrafo que previa a obrigatoriedade das iniciativas nas unidades por entender que há inconstitucionalidade ao criar despesas – competência exclusiva do Executivo.

Por outro lado, a proposta visa “ações educativas de conscientização para o diagnóstico precoce e tratamento da leucemia, ressaltando a importância da doação de medula óssea”, sendo que as atividades poderão “contar com a cooperação da iniciativa privada, de entidades civis ou de organizações profissionais ou científicas”.

“Fico extremamente feliz e contente em saber que o governador entendeu a importância desse tema. A leucemia é um câncer que vem registrando aumento no número de mortes e por isso precisamos promover políticas públicas eficazes para enfrentar essa doença. Nossa proposta é fazer isso com muita informação e prestação de serviço. É uma ação educativa e preventiva”, frisou Thiago Auricchio. “O Brasil tem registrado anualmente quase 11 mil novos casos de leucemia e muitas vezes isso ocorre devido à falta de um diagnóstico precoce. Como os sintomas iniciais são parecidos com doenças mais comuns do dia a dia, as pessoas deixam de procurar atendimento. O que nós queremos é orientar e levar ainda mais informações à população”, explicou. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Doria sanciona mês de combate à leucemia

Proposta, de autoria de Thiago Auricchio, prevê ações de conscientização sobre a doença

Júnior Carvalho
Do Diário do Grande ABC

14/11/2019 | 07:00


O governador João Doria (PSDB) sancionou ontem lei que prevê a conscientização sobre o combate à leucemia, a ser lembrado anualmente como o Fevereiro Laranja. A medida foi proposta pelo deputado estadual Thiago Auricchio (PL), de São Caetano, e aprovada pela Assembleia Legislativa.

Inicialmente, a ideia do parlamentar foi a de obrigar todas as unidades de saúde do Estado a “promoverem ações” sobre o assunto, semelhantes às já conhecidas campanhas Outubro Rosa, que prevê o alerta às mulheres sobre o câncer de mama, e o Novembro Azul, voltado à conscientização de homens sobre o câncer de próstata. Porém, o Palácio dos Bandeirantes vetou o parágrafo que previa a obrigatoriedade das iniciativas nas unidades por entender que há inconstitucionalidade ao criar despesas – competência exclusiva do Executivo.

Por outro lado, a proposta visa “ações educativas de conscientização para o diagnóstico precoce e tratamento da leucemia, ressaltando a importância da doação de medula óssea”, sendo que as atividades poderão “contar com a cooperação da iniciativa privada, de entidades civis ou de organizações profissionais ou científicas”.

“Fico extremamente feliz e contente em saber que o governador entendeu a importância desse tema. A leucemia é um câncer que vem registrando aumento no número de mortes e por isso precisamos promover políticas públicas eficazes para enfrentar essa doença. Nossa proposta é fazer isso com muita informação e prestação de serviço. É uma ação educativa e preventiva”, frisou Thiago Auricchio. “O Brasil tem registrado anualmente quase 11 mil novos casos de leucemia e muitas vezes isso ocorre devido à falta de um diagnóstico precoce. Como os sintomas iniciais são parecidos com doenças mais comuns do dia a dia, as pessoas deixam de procurar atendimento. O que nós queremos é orientar e levar ainda mais informações à população”, explicou. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;