Fechar
Publicidade

Domingo, 29 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

‘Férias no Planalto’ custariam R$ 38,5 mil ao filho de Lula



08/01/2005 | 16:43


Se o filho do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Luiz Cláudio, fosse pagar pelas férias que proporcionou ao grupo de 14 amigos, em julho, desembolsaria pelo menos R$ 38,5 mil só pelo pacote. Nesse cálculo estão incluídos os vôos comerciais, com a menor tarifa, entre São Paulo e Brasília, e a despesa com hospedagem – em apartamento duplo, com direito a café da manhã – no melhor quatro-estrelas da capital federal, à beira do lago Paranoá. O grupo, na verdade, teria viajado com mais luxo – em avião da FAB (Força Aérea Brasileira) – e ficou hospedado no Palácio do Alvorada, às custas dos cofres públicos.

Os cálculos incluem, ainda, um tour de duas horas pelos principais pontos turísticos de Brasília e um passeio de lancha no lago Paranoá. As estimativas de gastos com refeição, transporte e outros passeios ficaram de fora.

Se uma companhia de turismo de Brasília fosse contratada para promover uma viagem semelhante, para a mesma quantidade de amigos do filho do presidente, haveria um pequeno desconto e o pacote sairia por R$ 37 mil.

O Palácio do Planalto continua sem se pronunciar a respeito das férias oferecidas aos 14 convidados ilustres. Não confirma nem sequer se eles foram transportados num Boeing presidencial, como sugerem as fotos tiradas pelos convidados a bordo do avião e ao lado dele.

As imagens do grupo apareceram esta semana em fotoblogs – espaço na Internet para divulgação de fotos e diários – e foram reproduzidos pelos jornais. No Planalto, a notícia nesta sexta-feira ainda incomodava muitas autoridades. Nos bastidores, elas insistiam que as pessoas deveriam se importar mais com o que o governo está efetivamente fazendo, não com “bobagens”. Reclamam, também, que, quando o ex-presidente Fernando Henrique recebia seus amigos e convidava-os para viagens, não havia tanto alarde, classificando as notícias como preconceituosas.

Nova York – Esta não foi a primeira vez que amigos do presidente passam temporadas em Brasília hospedados no Alvorada. Para as comemorações de 7 de Setembro do ano passado, por exemplo, os convidados não eram amigos do próprio casal presidencial. Era um grupo de São Bernardo, que passaram uma semana no Alvorada e tiveram o privilégio de conhecer diversas autoridades e artistas.

No 7 de setembro, até mesmo o dono do restaurante onde Lula e a primeira-dama Marisa costumavam pedir comida nos fins de semana, em São Bernardo, foram conhecer os palácios e desfrutaram de uma semana em Brasília, conhecendo os pontos turísticos da capital do país. No feriado, o Palácio do Alvorada chegou a receber um total de 16 hóspedes.

Em julho passado, os amigos de Luiz Cláudio – que em setembro foi conhecer Nova York de carona no Boeing presidencial e ficou hospedado na casa do embaixador Ronaldo Sardemberg – passaram cerca de 15 dias em Brasília, hospedados no Alvorada. Houve dias, porém, em que a lista de convidados aumentou, chegando a 20 pessoas.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;