Fechar
Publicidade

Sábado, 11 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Ministro do STJ agredido em assalto continua internado


Do Diário OnLine

25/05/2003 | 14:23


O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Luiz Fux permanece internado neste domingo internado no Hospital Copa D’Or no Rio de Janeiro. Fux foi espancado por quatro assaltantes que invadiram seu apartamento, em Copacabana, no sábado.

O ministro passa bem, mas não há previsão de alta, segundo a assessoria do hospital. Os ladrões, que invadiram outros três apartamento do edifício, agrediram o ministro com golpes de marreta no rosto e nos joelhos e fugiram com relógios e dinheiro.

A governadora do Rio de Janeiro, Rosinha Matheus, disse neste domingo que as investigações sobre o caso estão adiantadas. A polícia do Rio informou que já identificou os criminosos e que eles integram uma quadrilha de jovens classe média que praticam assaltos para comprar drogas.

Rosinha também lamentou a morte da estudante de direito Cíntia Araújo Lima dos Santos, que foi morta a tiros quando o carro em que estava não parou em uma falsa blitz policial simulada por criminosos na zona Norte do Rio.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ministro do STJ agredido em assalto continua internado

Do Diário OnLine

25/05/2003 | 14:23


O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Luiz Fux permanece internado neste domingo internado no Hospital Copa D’Or no Rio de Janeiro. Fux foi espancado por quatro assaltantes que invadiram seu apartamento, em Copacabana, no sábado.

O ministro passa bem, mas não há previsão de alta, segundo a assessoria do hospital. Os ladrões, que invadiram outros três apartamento do edifício, agrediram o ministro com golpes de marreta no rosto e nos joelhos e fugiram com relógios e dinheiro.

A governadora do Rio de Janeiro, Rosinha Matheus, disse neste domingo que as investigações sobre o caso estão adiantadas. A polícia do Rio informou que já identificou os criminosos e que eles integram uma quadrilha de jovens classe média que praticam assaltos para comprar drogas.

Rosinha também lamentou a morte da estudante de direito Cíntia Araújo Lima dos Santos, que foi morta a tiros quando o carro em que estava não parou em uma falsa blitz policial simulada por criminosos na zona Norte do Rio.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;