Fechar
Publicidade

Domingo, 22 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Controladora da Parmalat põe ativos à venda



28/11/2008 | 07:00


Endividada, sem caixa e com a credibilidade arranhada no mercado, a Laep, controladora da Parmalat, decidiu colocar boa parte dos seus ativos à venda. Nos últimos dias, começou a oferecer a concorrentes e fundos de private equity imóveis, fábricas e marcas consideradas não estratégicas, como a Glória. O fundador da Laep, o empresário e socialite Marcus Elias, está disposto a vender tudo. Menos a marca Parmalat. A empresa tem urgência em fazer caixa para continuar tocando o negócio.

A proposta de venda de ativos - já aprovada em reunião de CVM (Conselho de Administração e enviada à Comissão de Valores Mobiliários) - será discutida na assembléia de acionistas convocada para o dia 12 de dezembro. A decisão alteraria o plano original apresentado aos investidores no prospecto do IPO (oferta inicial de ações), feito em outubro do ano passado.

Até o início do ano, a Laep era a quarta maior produtora de lácteos do País, atrás apenas da Nestlé, Perdigão e Itambé. Depois de uma série de aquisições, chegou a captar 4 milhões de litros de leite por dia. Agora, sua captação caiu pela metade e pelo menos três fábricas estão paradas. A situação é dramática: as ações caíram mais de 90% no último ano e valiam R$ 0,47 até hoje. Para piorar, os bancos pequenos e médios, que costumaram emprestar dinheiro para a Laep, cortaram o crédito.

As negociações estão só no começo, segundo fontes próximas à companhia. Mas a expectativa de arrecadação não é muito grande.

AMBICIOSO  - Depois de comprar a Parmalat em recuperação judicial, há três anos, Elias elaborou um ambicioso plano de negócios de longo prazo, que incluía a verticalização da indústria do leite, estratégia inédita no setor. O projeto vendido ao mercado antes do IPO previa a compra de fazendas, vacas e embriões, além da aquisição de novas marcas e unidades de produção.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;