Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 30 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

O que é bom merece bis


Gislaine Gutierre
Do Diário do Grande ABC

27/11/2004 | 13:16


Oficialmente, o concerto deste sábado encerra a Temporada 2004 da Orquestra Sinfônica de Santo André na cidade. Embora tenha na agenda algumas apresentações extras até o fim do ano, o grupo regido por Flavio Florence faz sua despedida repetindo uma parceria de sucesso com o Coral Sinfônico Coreano, o mesmo que participou da récita final de 2003, quando 2,5 mil pessoas foram ao Paço para conferir a “Nona” de Beethoven. O mesmo programa foi mostrado no Theatro Municipal de São Paulo.

A dobradinha acontece nos mesmo moldes daquela parceria. Além do concerto desta sábado, que começa às 20h, haverá outro na terça-feira (dia 30), às 21h, no Teatro Sérgio Cardoso, em São Paulo.

Em relação a 2003, mudam o programa e a escalação de solistas, agora com a soprano Sylvia Klein, o tenor Marcos Liesenberg e o barítono Daniel Lee, o único que cantou com a sinfônica andreense no ano passado. O coral conta com 50 vozes. É novidade, também, a participação do violinista Davi Graton, spalla da Orquestra Sinfônica da USP e da Orquestra Experimental de Repertório.

“Graton faz um repertório pirotécnico para violino. É altamente virtuosístico. Poucos teriam a ousadia de executá-lo, e ele o tem feito muitíssimo bem”, afirma Florence.

Para o maestro, embora não haja o mesmo apelo da “Nona” de Beethoven para este concerto, o público poderá se deleitar com a qualidade e a diversidade do programa, que reúne Gounod, Sarasate, Saint-Saëns e Strauss. Em destaque, o poema sinfônico de Strauss, Till Eulenspiegel, “curtinho, mas bem-humorado e virtuosístico”.

São Bernardo – A Orquestra Filarmônica de São Bernardo também se apresenta neste sábado, às 20h30, no Teatro Elis Regina (r. João Firmino, 900. Tel.: 4351-3479) e domingo, às 19h, no Teatro Lauro Gomes (r. Helena Jacquey, 171. Tel.: 4368-3483). Ambos têm entrada franca.

As récitas integram a série de “concertos de repertório”, em que o grupo de Paulo Rydlewski executa as peças de mais exigência técnica. O programa é o mesmo para as duas noites: Sinfonia nº 35 em Ré Maior (Haffner), de Mozart (1756-1791), e Marcha Eslava e 1812, Abertura Solene, ambas de Tchaikovski (1840-1893).

Quem chegar 30 minutos antes dos concertos terá a oportunidade de ouvir do maestro explicações dos programas, além de tirar dúvidas sobre a orquestra e a música sinfônica. As crianças com idade superior a 3 anos podem se divertir no Cantinho da Música, onde a recreação é conduzida por monitores. Nos respectivos teatros ainda haverá a exposição de telas de Henrique Hammler, produzidas durante os concertos realizados este ano.

Orquestra Sinfônica de Santo André – Concerto com participação do Coral Sinfônico Coreano e solistas. Neste sábado, às 20h. No Teatro Municipal de Santo André – Paço Municipal, s/nº. Tel.: 4433-0789. Os ingressos devem ser retirados com uma hora de antecedência.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;