Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 29 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Diretora é exonerada após sindicância que investiga óbitos no AME Sto.André

André Henriques/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Daniel Tossato

26/10/2021 | 04:34


Quatro meses depois do início da sindicância que apura a responsabilidade pela morte de três pacientes por falta de oxigênio no AME (Ambulatório Médico de Especialidades) de Santo André, equipamento gerido pelo governo do Estado, a Secretaria de Saúde decidiu por desligar a diretora da unidade, que não teve o nome divulgado.

A sindicância tenta descobrir as razões para a falta de oxigênio no equipamento, que foi utilizado como hospital de campanha no momento mais dramático da pandemia da Covid. Os três pacientes que morreram estavam internados se recuperando da infecção pelo coronavírus e não resistiram sem o auxílio na respiração.

A Secretaria de Estado da Saúde concluiu que a falha no fornecimento de oxigênio ocorreu por diversos problemas que acabaram interrompendo a distribuição do recurso aos doentes. “A Secretaria de Estado da Saúde determinou a realização de sindicância para apuração de responsabilidades pelo ocorrido. As atividades do hospital de campanha foram suspensas desde 4 de junho. As apurações indicaram que a falha no fornecimento de oxigênio teve causas multifatoriais e a diretoria da unidade foi desligada. O caso segue sob investigação do 6º Distrito Policial (Vila Mazzei) de Santo André”, informou a pasta, por meio de nota.

O caso ainda é investigado pelas autoridades policiais por meio de inquérito. Conforme a SSP (Secretaria de Segurança Pública), exames periciais para avaliar o que ocorreu foram solicitados e estão em elaboração. Assim que os resultados saírem, deverão ser anexados ao inquérito. “O caso é investigado por meio de inquérito policial instaurado pelo 6° DP de Santo André. Exames periciais foram solicitados e estão em elaboração. Os laudos serão anexados ao inquérito assim que concluídos. A autoridade policial também realiza a oitiva de servidores da unidade de saúde. Diligências seguem em andamento para esclarecer os fatos”, declarou a pasta.

No trágico episódio, as três pessoas que perderam a vida foram uma senhora de 82 anos, uma mulher de 41 e um homem, também com 41 anos.

Os vereadores de Santo André também criaram comissão para acompanhar as investigações. Formam o bloco o presidente da Casa, Pedrinho Botaro (PSDB), Vavá da Churrascaria (PSD), Ricardo Alvarez (Psol) e Renatinho do Conselho (Avante). A função do grupo é a de acompanhar as ações do governo do Estado e também da FUABC (Fundação do ABC), que são os responsáveis pela administração e pela apuração das falhas que resultaram na morte dos pacientes.

“Estamos acompanhando o andamento e vamos retomar as reuniões da comissão para debater para onde vamos seguir’, declarou Pedrinho Botaro, presidente do bloco.  



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;