Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 19 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Grupo de Al-Zarqawi ataca 10 centros de votação no Iraque


Da AFP

25/01/2005 | 10:51


O terrorista jordaniano Abu Musab Al-Zarqawi, representante da Al Qaeda no Iraque, começa a cumprir a promessa de ‘guerra sangrenta’ contra às eleições iraquianas, feita no último domingo. Homens armados atacaram 10 centros de votação desde a noite de segunda-feira na província de Salaheddin, ao norte de Bagdá.

Os centros, em sua grande maioria escolas nas cidades de Tikrit, Tuz, Baiji, Samarra, Ishaki, Yathrib e Al-Dujail, sofreram importantes danos materiais, mas não foram registradas vítimas.

Poucas horas depois dos ataques, comunicados distribuídos em Samarra e Tikrit os reivindicaron em nome da Organização da Al Qaeda no país de Rafidain (Mesopotâmia) de Zarqawi. "Com a ajuda de Deus, atacamos os esconderijos dos apóstatas que são o orgulho dos paladinos da nova democracia", afirma o texto. "Estes ataques são uma advertência a estas personas: serão alvos".

O grupo de Zarqawi advertiu em um comunicado divulgado na segunda-feira que seus franco-atiradores matarão os iraquianos que comparecerem aos locais de votação ao norte de Bagdá no domingo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Grupo de Al-Zarqawi ataca 10 centros de votação no Iraque

Da AFP

25/01/2005 | 10:51


O terrorista jordaniano Abu Musab Al-Zarqawi, representante da Al Qaeda no Iraque, começa a cumprir a promessa de ‘guerra sangrenta’ contra às eleições iraquianas, feita no último domingo. Homens armados atacaram 10 centros de votação desde a noite de segunda-feira na província de Salaheddin, ao norte de Bagdá.

Os centros, em sua grande maioria escolas nas cidades de Tikrit, Tuz, Baiji, Samarra, Ishaki, Yathrib e Al-Dujail, sofreram importantes danos materiais, mas não foram registradas vítimas.

Poucas horas depois dos ataques, comunicados distribuídos em Samarra e Tikrit os reivindicaron em nome da Organização da Al Qaeda no país de Rafidain (Mesopotâmia) de Zarqawi. "Com a ajuda de Deus, atacamos os esconderijos dos apóstatas que são o orgulho dos paladinos da nova democracia", afirma o texto. "Estes ataques são uma advertência a estas personas: serão alvos".

O grupo de Zarqawi advertiu em um comunicado divulgado na segunda-feira que seus franco-atiradores matarão os iraquianos que comparecerem aos locais de votação ao norte de Bagdá no domingo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;