Fechar
Publicidade

Domingo, 24 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Empresa lança programa de franquia de cristais com fotos


Ana Macchi
Do Diário do Grande ABC

23/11/2004 | 10:14


A Crystallium, de São Bernardo, resolveu apostar em um programa de franquia para promover a venda de peças personalizadas de cristal com imagens ou mensagens tridimensionais gravadas a laser em seu interior. A empresa oferece ao investidor acesso à tecnologia por preços que variam de R$ 10 mil e R$ 60 mil. O mercado de photo crystal chegou ao Brasil há quase um ano, mas só é popularmente conhecido nos Estados Unidos, onde as produções alcançam a margem de cinco milhões de peças ao ano.

Em São Bernardo, a empresa patenteou a marca e produz média de 40 mil peças ao mês - a previsão para dezembro é de 60 mil -, e dispõe de infra-estrutura suficiente para ampliar a capacidade de produção para 150 mil unidades/mês. Daí então a idéia de franquear a tecnologia. "Acreditamos que esse é um mercado promissor, que certamente será abraçado por investidores", disse o diretor Jose Melnik.

Segundo ele, estatísticas da empresa prevêem que a abertura de franquia no valor de R$ 60 mil (quiosque em shopping center numa cidade de 500 mil habitantes) possa render de R$ 30 mil a R$ 70 mil mensais, com 30% de retorno (expectativa de venda de 400 itens por semana). Mas há também opções para quem já tem estabelecimento próprio: R$ 10 mil são o suficiente para alugar uma câmera tridimensional para produzir as fotos gravadas no cristal. Com a câmera, a franquia tira a foto e a envia pela internet à Crystallium, onde a peça pode ser produzida em 50 formas diferentes, inclusive como porta-retrato. Depois, a empresa se encarrega de devolver o produto ao comprador ou ao franqueado em aproximadamente 24 horas.

Interessados - Melnik diz que a empresa - que tem escritório em São Paulo e atende no site www.crystallium.com.br - já tem interessados e as primeiras franquias serão abertas ainda no próximo ano. As peças são feitas em cristal puro e, em um quiosque, custariam de R$ 19 a R$ 499.

Por enquanto, a Crystallium tem forte representação no setor de brindes e de campanhas promocionais e já tem clientes como Motorola, LG e Varig. Porém, a empresa acredita que lojas de presentes e decoração possam impulsionar ainda mais as vendas. "Os preços são convidativos e o cristal, além de ser um objeto de desejo, é de alta qualidade."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;