Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 25 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

A questão da alegria de fachada


Cássio Gomes Neves
Do Diário do Grande ABC

28/11/2004 | 13:48


O título pode induzir o espectador a achar que Whisky é a saga dos associados de um clube de adoradores do malte ou de uma turma de alcoólatras. Mas o "whisky" em questão é uma expressão usada para imitar um sorriso, que fotógrafos pedem aos fotografados no momento da pose, o equivalente ao brasileiro "xis". E o filme uruguaio, da dupla Juan Pablo Rebella e Pablo Stoll, retrata com delicadeza exatamente a felicidade fraudada, a alegria de fachada.

É de mentirinha, por exemplo, o casamento de Jacobo (Andrés Pazos) e Marta (Mirella Pascual). Forjam uma relação por causa da visita do irmão dele, Herman (Jorge Bolani), que mora no Brasil e retorna ao Uruguai para uma cerimônia funeral. Whisky não procura causas para a fraude – Jacobo não é homossexual, por exemplo. Somente explicita os efeitos para elucidar que existe uma preocupação, um medo de frustrar expectativas.

Na verdade, Jacobo é dono de uma fábrica de meias, na qual trabalha junto à gerente Marta e outras duas funcionárias. Seu irmão é um empresário bem-sucedido no Brasil, casado e pai de duas filhas.

Whisky não almeja ser um filme conclusivo. O espectador é jogado no meio da história, supõe-se o começo daquela relação fraternal e adivinha-se o fim. Se Marta parece apaixonada por Jacobo ou mesmo pelo falso cunhado, essa conclusão é fruto da intuição de quem assiste, não um apontamento de seus diretores. Ou seja, nada é exposto como algo definitivo, nada é sugerido para ser em seguida resolvido, nem mesmo a estrutura narrativa. A felicidade de Marta e Jacobo residia no dia-a-dia, no chá que ela preparava para ele, nos ruídos do maquinário da confecção, omitidos sob o signo da rotina. Mas até isso é conclusão de quem vê, e não de quem filma.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;