Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 20 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Peça arrecada recursos para entidades assistenciais

Nario Barbosa/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

'Lisbela e o Prisioneiro’ será apresentada hoje e amanhã no Teatro Municipal de Santo André


Miriam Gimenes

04/10/2014 | 07:00


A história da mocinha que adora assistir a filmes e sonha com os heróis das telonas saiu do cinema e foi para o teatro. A peça Lisbela e o Prisioneiro, de Osman Lins com adaptação e direção de César Gustus, será apresentada hoje e amanhã, às 21h e às 18h, respectivamente, no Teatro Municipal de Santo André (Praça 4º Centenário). O espetáculo corresponde à 18ª edição do Projeto Teatral da Feasa (Federação das Entidades Assistenciais de Santo André).

A produtora da peça, Eunice Santos, conta que desde 1990 a entidade promove espetáculos teatrais com objetivo de arrecadar recursos para manutenção dos serviços prestados às entidades assistenciais. “O elenco é voluntário, formado por atores profissionais e pessoas que nunca subiram no palco. Alguns confessam que, com a ação, realizam um sonho de se apresentar. Acaba sendo não só um evento para captação de recursos, mas sim um exercício de cidadania”, diz.

Os atores, que ensaiaram durante cinco meses, encenam durante uma hora e 15 a comédia romântica, que tem como protagonistas o casal Lisbela e Leléu – a sonhadora e o conquistador –, que se apaixonam, embora ela esteja noiva, e passam a viver uma história cheia de personagens tirados do cenário nordestino.

O elenco é formado por Alana Almeida, George Vilches, Tatty Ramalho, Caco Oliveira, Zé Luiz, Euclides Draghi, Tito Martins, Victor Pivetta, Ivan Machado, Ério Girelli, Marina Ballarini, Du Fernandes, Ricardo Keidel.

ASSISTÊNCIA

Todo o dinheiro arrecadado com o espetáculo, cujo ingresso custa R$ 25 – vendas e informações pelo telefone 4436-7477 –, é revertido para as entidades federadas, que atendem crianças, adolescentes, pessoas com deficiências, idosos e famílias por meio dos programas de: creche; acolhimento institucional; educação complementar; educação especial e reabilitação; profissionalização; reintegração social; atendimento a crianças e adolescentes vitimizados; dependência química; população em situação de rua e pessoas soropositivas.   



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;