Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 30 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Flamengo e Fluminense fazem duelo histórico neste domingo no Pacaembu



20/03/2016 | 06:30


Flamengo e Fluminense protagonizam um capítulo inusitado da história do centenário clássico nesse domingo, às 16 horas. Os rivais se enfrentam no estádio Paulo Machado de Carvalho, mais conhecido como Pacaembu, em São Paulo, pela segunda rodada da Taça Guanabara.

Apesar de diferente, uma partida entre os times no estádio não é inédita. A última vez que paulistanos puderam acompanhar o clássico foi em 1942, quando foi disputado um amistoso sem gols numa quinta-feira chuvosa. Na época, o Brasil ainda era governado por Getúlio Vargas e o mundo vivia a Segunda Guerra Mundial. O estádio do Maracanã não exista - nem o episódio do Maracanazo, quando o Brasil perdeu para o Uruguai durante a Copa do Mundo de 1950. Muito menos o 7 a 1 para a Alemanha, na Copa de 2014.

Mais de setenta anos depois, o Maracanã e o Engenhão estão em obras, obrigando clubes do Rio a percorrerem o País para jogar em diversas arenas durante o Campeonato Carioca. Independentemente disso, as torcidas se animaram e já haviam comprado mais de 20 mil ingressos para o jogo até a última sexta-feira. A expectativa de casa cheia jogou mais emoção ao naturalmente tenso confronto.

Na competição, o Flamengo, que venceu o Madureira por 1 a 0 na primeira rodada, ocupa a terceira posição, com três pontos. O Fluminense, que empatou com Botafogo na estreia da Taça Guanabara, está na quinta colocação, com um ponto.

Os clubes vivem momentos distintos. No Fluminense, a chegada do treinador Levir Culpi trouxe alguma motivação para superar s má fase. O time vem realizando uma campanha ruim no início do ano e foi o único grande que não chegou à última rodada da primeira fase do Carioca classificado. Além disso, reformulou sua diretoria no final de fevereiro. Entre os jogadores, existe a pressão de vencer o rival para dar moral ao elenco. Levir ainda está em busca da melhor escalação, mas apontou mudanças no time que vai a campo nos treinamentos.

A grande novidade pode ser a volta do capitão Fred, que se recupera de uma lesão na coxa esquerda, mesmo que ainda não se saiba se aguentará os 90 minutos. Nas laterais, o técnico passou Wellington Silva para a esquerda e promoveu a entrada de Jonathan na direita. O veterano e contestado Gum fez dupla de zaga com Henrique. Apesar dos testes, Levir não confirmou a equipe.

Do lado do Flamengo, as excessivas viagens para jogar as três competições das quais participa - Carioca, Sul-Minas-Rio e Copa do Brasil - podem até ter dado resultado financeiro favorável. Mas, para o elenco, tem sido uma rotina muito desgastante. O treinador Muricy Ramalho sempre enfatiza, em tom de crítica velada, esse aspecto em suas entrevistas. Na sexta-feira, disse não saber qual seria a escalação, pois afirmou não saber quem estava bem fisicamente para disputar a partida.

Para além do cansaço, o Flamengo também vem de uma derrota desmoralizante diante do Confiança, na última quarta-feira, em sua estreia na Copa do Brasil. O time desperdiçou uma série de oportunidades e, numa falha da defesa, acabou levando um gol. O clássico contra o Fluminense pode servir para reanimar o elenco. Entre os desfalques, o argentino Mancuello e Everton não jogarão porque ainda se recuperam de lesões. A escalação para a partida pode surpreender.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;