Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 28 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

dmais@dgabc.com.br | 4435-8396

Ginasta de São Bernardo em busca do sonho

DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Beatriz Cristina da Silva acumula bons resultados na modalidade e quer a Seleção Brasileira


Tauana Marin
Do Diário do Grande ABC

13/12/2020 | 00:02


Treino, preparo físico, alimentação adequada e renúncias – incluindo aqui deixar de lado tempo para diversão – são elementos fundamentais para que Beatriz Cristina da Silva, 17 anos, possa concretizar seu sonho. A garota de São Bernardo se dedica ao universo da ginástica artística há 11 anos e tem como objetivo integrar a Seleção Brasileira da modalidade nos próximos tempos.

“Sou formada em balé clássico, jazz, faço fisioterapia, conto com preparador físico, psicológico, nutricional e ortopédico, quando necessário”, conta Bia. “É bastante desgastante, mas tenho amor pelo que faço. É o que quero seguir. Todo esse meu esforço é para um dia ser chamada para fazer parte da Seleção Brasileira de ginástica e representar nosso País.”

Em novembro, Bia, como é conhecida, aumentou sua coleção de premiações. Ela ficou com a medalha de ouro na categoria estadual da Copa São Carlos, realizada virtualmente. Por conta da pandemia do novo coronavírus, os treinos ocorrem na garagem de casa, mas com o mesmo afinco de quando treina no Colégio Ábaco, instalado na cidade, à qual representa. Também neste ano, em agosto, foi ouro na primeira e segunda fases do Grand Prêmio Virtual Bacata, competição internacional que reuniu talentos de países como Suíça, Canadá e Bélgica, além do Brasil.

A garota frisa que, em meio ao caos gerado na rotina por causa da Covid-19 nesta temporada, contou com o apoio constante de suas treinadoras. A equipe encontrou forma on-line de manter os treinos e fazer com que a atleta teen não perdesse o foco nem o condicionamento físico. “Não poderia perder meu objetivo de trabalhar para ser uma atleta federada assim que tudo normalizar”, conta.

Técnica de ginástica do Colégio Ábaco, Roberta Zago explica que a modalidade precisa ser trabalhada por longos anos. “Por exigir muita dedicação, disciplina e muitas repetições (dos movimentos), o recomendável é que os adeptos comecem a se exercitar a partir dos 6 anos.” A ginástica trabalha equilíbrio, força, musicalidade e flexibilidade. “Além disso, esse esporte tem muitos benefícios para adolescentes, uma vez que ajuda na autoestima, na saúde e na socialização.”

A chegada de 2021 promete ser recheada de expectativas para Bia, de olho em possível retorno de competições presenciais, viagens para torneios e nos próximos passos para buscar o sonho profissional. “Pretendo seguir carreira esportiva enquanto tiver esperança e expectativa em ser uma atleta profissional”, afirma. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;