Fechar
Publicidade

Sábado, 28 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Câmara de Mauá pode votar contas de Oswaldo só em janeiro


Sérgio Vieira
Do Diário do Grande ABC

20/08/2007 | 07:26


A Câmara de Mauá aumentou o prazo – de 90 para 180 dias – para analisar as contas de 2004 do ex-prefeito Oswaldo Dias (PT). Dessa forma, o relatório do TCE (Tribunal de Contas do Estado), que julgou irregulares as contas do petista, poderá ir a plenário somente em janeiro, a apenas nove meses das eleições municipais.

Caso os vereadores mantenham o parecer do TCE – que deverá ser a tendência, a pedido do governo –, Oswaldo poderá ficar inelegível e, com isso, fora do páreo em 2008. O ex-prefeito é pré-candidato do PT. Sua saída pode facilitar o caminho do prefeito Leonel Damo (PV), que disputará a reeleição.

ANÁLISE
O presidente Alberto Betão Pereira Justino (PSB) assegura que a decisão de ampliar o prazo não teve cunho político. “Foi necessário para que a gente tivesse mais tempo para analisar as contas. Não trabalhamos com prazo eleitoral”, diz o socialista, que é da base de sustentação de Damo no Legislativo.

O documento chegou às mãos de Betão no dia 7 de julho. O prazo inicial venceria em 7 de outubro. Com a mudança, o parecer agora pode ser votado até a primeira semana de 2008. Mas, para que isso ocorra, será necessário que o presidente convoque sessão extraordinária, já que em janeiro os vereadores estarão em recesso.

Integrante da Comissão de Finanças e relator do processo na Câmara, o vereador Lourival Lolô Rodrigues Fargiani (PDT) não acredita que as contas de Oswaldo sejam aprovadas no Legislativo. “Acho muito difícil. Não acredito que nos convença votar a favor dele.”



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;