Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 3 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

PT diz que não discutirá o fim da reeleição


Do Diário OnLine

20/04/2007 | 18:58


O PT emitiu um comunicado para informar que o fim da reeleição em cargos do Executivo não foi e não será discutido no encontro do Diretório Nacional do partido que começou nesta sexta-feira e termina no sábado.

No final do encontro a legenda divulgará um documento público e defenderá a reforma política no Brasil. O PT pedirá principalmente que o Congresso Nacional aprove a fidelidade partidária, o financiamento público de campanhas e a votação em listas fechadas (quando o eleitor escolhe os candidatos de acordo com uma lista preparada pela legenda).

De acordo com o secretário-adjunto do PT, Joaquim Soriano, afirmou que o partido defende uma distribuição igualitária entre homens e mulheres nesta lista. Ele declarou ainda que a sigla se mostrará a favor de consultas populares no país.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

PT diz que não discutirá o fim da reeleição

Do Diário OnLine

20/04/2007 | 18:58


O PT emitiu um comunicado para informar que o fim da reeleição em cargos do Executivo não foi e não será discutido no encontro do Diretório Nacional do partido que começou nesta sexta-feira e termina no sábado.

No final do encontro a legenda divulgará um documento público e defenderá a reforma política no Brasil. O PT pedirá principalmente que o Congresso Nacional aprove a fidelidade partidária, o financiamento público de campanhas e a votação em listas fechadas (quando o eleitor escolhe os candidatos de acordo com uma lista preparada pela legenda).

De acordo com o secretário-adjunto do PT, Joaquim Soriano, afirmou que o partido defende uma distribuição igualitária entre homens e mulheres nesta lista. Ele declarou ainda que a sigla se mostrará a favor de consultas populares no país.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;