Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 3 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Gazprom teria utilizado testa-de-ferro para comprar filial da Yukos


Da AFP

20/12/2004 | 07:48


A imprensa russa questionou nesta segunda-feira a identidade da Baikalfinansgrup, a misteriosa empresa que adquiriu a principal filial da gigante do petróleo Yukos. Eles acusam a empresa de ser uma testa-de-ferro para proteger os interesses da Gazprom.

A Baikalfinansgrup, companhia suspeita de representar os interesses do governo russo, comprou em um leilão no domingo a principal filial da Yukos por US$ 9,348 bilhões. Esta sociedade, que apareceu na sexta-feira como um postulante de último minuto, superou em suas ofertas a gigante Gazprom, que era apontada como favorita.

"A Gazprom se serviu de um terceiro para comprar a Yuganskneftegaz", afirma na capa o jornal Izvestia. "Escondendo-se por trás de uma empresa desconhecida por todos, a Gazprom optou por proteger-se da justiça americana", prossegue o jornal.

O jornal Kommersant destaca que o endereço em Tver, ao noroeste de Moscou, divulgado pela Baikalfinansgrup, é um bar chamado Londres, o que permite à publicação anunciar em sua primeira página que a "Yungansk foi comprada por gente de Londres", ao mesmo tempo que explica que o endereço foi utilizado para registrar quase 150 sociedades.

Segundo o Vremia Novostei, a Gazprom "buscou durante muito tempo um mecanismo que permitisse a compra da Yuganskneftegaz e evitasse qualquer processo". O mesmo jornal informa que segundo diversas fontes, a Baikalfinansgrup teria sido registrada apenas no dia 15 de dezembro.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Gazprom teria utilizado testa-de-ferro para comprar filial da Yukos

Da AFP

20/12/2004 | 07:48


A imprensa russa questionou nesta segunda-feira a identidade da Baikalfinansgrup, a misteriosa empresa que adquiriu a principal filial da gigante do petróleo Yukos. Eles acusam a empresa de ser uma testa-de-ferro para proteger os interesses da Gazprom.

A Baikalfinansgrup, companhia suspeita de representar os interesses do governo russo, comprou em um leilão no domingo a principal filial da Yukos por US$ 9,348 bilhões. Esta sociedade, que apareceu na sexta-feira como um postulante de último minuto, superou em suas ofertas a gigante Gazprom, que era apontada como favorita.

"A Gazprom se serviu de um terceiro para comprar a Yuganskneftegaz", afirma na capa o jornal Izvestia. "Escondendo-se por trás de uma empresa desconhecida por todos, a Gazprom optou por proteger-se da justiça americana", prossegue o jornal.

O jornal Kommersant destaca que o endereço em Tver, ao noroeste de Moscou, divulgado pela Baikalfinansgrup, é um bar chamado Londres, o que permite à publicação anunciar em sua primeira página que a "Yungansk foi comprada por gente de Londres", ao mesmo tempo que explica que o endereço foi utilizado para registrar quase 150 sociedades.

Segundo o Vremia Novostei, a Gazprom "buscou durante muito tempo um mecanismo que permitisse a compra da Yuganskneftegaz e evitasse qualquer processo". O mesmo jornal informa que segundo diversas fontes, a Baikalfinansgrup teria sido registrada apenas no dia 15 de dezembro.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;