Fechar
Publicidade

Sábado, 8 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Com pés no chão e foco total, São Caetano pega o lanterna


Felipe Simões
Do Diário do Grande ABC

16/03/2016 | 07:00


O clássico contra o Santo André é sábado e já começa agitar a torcida e os bastidores do São Caetano. Mas o foco da equipe é na partida das 20h de hoje, diante do Atlético Sorocaba, no Estádio Walter Ribeiro, no Interior, pela 14ª rodada da Série A-2 do Campeonato Paulista. Diante do lanterna da competição, o Azulão, em quarto, tenta voltar a vencer após dois jogos para se manter entre os quatro primeiros.

“O próximo jogo é contra o Sorocaba, na quarta-feira (hoje). A partir de quinta (amanhã), nós conversamos sobre o próximo adversário (Santo André)”, desconversou o técnico Luís Carlos Martins.

Sobre o duelo de hoje, o treinador quer que o São Caetano tenha os pés no chão para não chegar à terceira partida sem vitória, algo inédito em 2016.

“Sou sempre pé no chão. Na competição só existem jogos competitivos. Esquece a tabela (de classificação). Todos estão lutando por algo. Conheço alguns jogadores do Atlético Sorocaba. Eles perderam partidas no fim, foram derrotas magras. A gente precisa ter responsabilidade e respeito com todos, é o que passo para eles (jogadores). Vamos em busca da vitória”, afirmou Martins. “O primeiro objetivo é classificar entre os oito primeiros. Depois, vamos pensar em ficar entre os quatro. Precisamos continuar lutando, somos um time determinado”, completou.

Apesar de prever duelo complicado, o atacante Matheus, 18 anos, acredita que a posição do adversário na tabela pode fazer com que o Azulão tenha mais espaços para jogar.

“Vai ser um jogo difícil. Mas, como eles estão brigando contra o rebaixamento, vão sair mais, e vamos ter que nos impor", destacou ele, que negou sentir o peso por não marcar há quase um mês – o último de seus dois gols na Série A-2 foi anotado ante o Independente, em 17 de fevereiro.

“É sempre bom estar balançando a rede. Mas o importante é jogar bem. Assim, o gol sai naturalmente”, concluiu.

CLÁSSICO

A venda dos 3.000 ingressos para o clássico contra o Santo André, sábado, no Anacleto Campanella, se inicia a partir das 11h no estádio são-caetanense. Os andreenses têm direito a 800 entradas. O preço é de R$ 20, com a meia a R$ 10.

Lesão e suspensão desfalcam meio

Para o duelo diante do Atlético Sorocaba, o técnico Luís Carlos Martins terá de quebrar a cabeça para arrumar o meio campo da equipe. Além de Esley, que fica fora da primeira fase da Série A-2 por lesão ligamentar no joelho direito, o volante Ferreira recebeu o terceiro cartão amarelo e está suspenso. É a primeira vez na temporada que o treinador não poderá contar com nenhum dos dois ao mesmo tempo.

Gercimar vem substituindo Esley, e a dúvida é para a vaga de Ferreira. O escolhido deve ser Paulinho Santos, mas Martins não descarta deslocar Bruno Recife da lateral esquerda e fazer o meio campo.

“Não vamos mudar o posicionamento da equipe. Não gosto de ficar mexendo no time, a não ser quando há necessidade muito grande. Perdi o Ferreira e o Esley. O Gercimar entrou e está correspondendo. Tenho o Paulinho Santos como opção. O Bruno Recife pode ser utilizado por dentro, como segundo volante”, afirmou Martins.

Caso opte por deslocar o lateral-esquerdo, o treinador deve promover a entrada de Thiago Luiz. Essa foi a alteração que Martins fez no empate sem gols contra o Bragantino, no sábado. Na ocasião, Bruno Recife assumiu a criação no lugar de Daniel Costa, que deu lugar ao ex-jogador do Água Santa.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Com pés no chão e foco total, São Caetano pega o lanterna

Felipe Simões
Do Diário do Grande ABC

16/03/2016 | 07:00


O clássico contra o Santo André é sábado e já começa agitar a torcida e os bastidores do São Caetano. Mas o foco da equipe é na partida das 20h de hoje, diante do Atlético Sorocaba, no Estádio Walter Ribeiro, no Interior, pela 14ª rodada da Série A-2 do Campeonato Paulista. Diante do lanterna da competição, o Azulão, em quarto, tenta voltar a vencer após dois jogos para se manter entre os quatro primeiros.

“O próximo jogo é contra o Sorocaba, na quarta-feira (hoje). A partir de quinta (amanhã), nós conversamos sobre o próximo adversário (Santo André)”, desconversou o técnico Luís Carlos Martins.

Sobre o duelo de hoje, o treinador quer que o São Caetano tenha os pés no chão para não chegar à terceira partida sem vitória, algo inédito em 2016.

“Sou sempre pé no chão. Na competição só existem jogos competitivos. Esquece a tabela (de classificação). Todos estão lutando por algo. Conheço alguns jogadores do Atlético Sorocaba. Eles perderam partidas no fim, foram derrotas magras. A gente precisa ter responsabilidade e respeito com todos, é o que passo para eles (jogadores). Vamos em busca da vitória”, afirmou Martins. “O primeiro objetivo é classificar entre os oito primeiros. Depois, vamos pensar em ficar entre os quatro. Precisamos continuar lutando, somos um time determinado”, completou.

Apesar de prever duelo complicado, o atacante Matheus, 18 anos, acredita que a posição do adversário na tabela pode fazer com que o Azulão tenha mais espaços para jogar.

“Vai ser um jogo difícil. Mas, como eles estão brigando contra o rebaixamento, vão sair mais, e vamos ter que nos impor", destacou ele, que negou sentir o peso por não marcar há quase um mês – o último de seus dois gols na Série A-2 foi anotado ante o Independente, em 17 de fevereiro.

“É sempre bom estar balançando a rede. Mas o importante é jogar bem. Assim, o gol sai naturalmente”, concluiu.

CLÁSSICO

A venda dos 3.000 ingressos para o clássico contra o Santo André, sábado, no Anacleto Campanella, se inicia a partir das 11h no estádio são-caetanense. Os andreenses têm direito a 800 entradas. O preço é de R$ 20, com a meia a R$ 10.

Lesão e suspensão desfalcam meio

Para o duelo diante do Atlético Sorocaba, o técnico Luís Carlos Martins terá de quebrar a cabeça para arrumar o meio campo da equipe. Além de Esley, que fica fora da primeira fase da Série A-2 por lesão ligamentar no joelho direito, o volante Ferreira recebeu o terceiro cartão amarelo e está suspenso. É a primeira vez na temporada que o treinador não poderá contar com nenhum dos dois ao mesmo tempo.

Gercimar vem substituindo Esley, e a dúvida é para a vaga de Ferreira. O escolhido deve ser Paulinho Santos, mas Martins não descarta deslocar Bruno Recife da lateral esquerda e fazer o meio campo.

“Não vamos mudar o posicionamento da equipe. Não gosto de ficar mexendo no time, a não ser quando há necessidade muito grande. Perdi o Ferreira e o Esley. O Gercimar entrou e está correspondendo. Tenho o Paulinho Santos como opção. O Bruno Recife pode ser utilizado por dentro, como segundo volante”, afirmou Martins.

Caso opte por deslocar o lateral-esquerdo, o treinador deve promover a entrada de Thiago Luiz. Essa foi a alteração que Martins fez no empate sem gols contra o Bragantino, no sábado. Na ocasião, Bruno Recife assumiu a criação no lugar de Daniel Costa, que deu lugar ao ex-jogador do Água Santa.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;