Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 23 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Supermercados prevêem vendas até 20% maiores na Páscoa

Denis Maciel/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Michele Loureiro
Do Diário do Grande ABC

27/02/2009 | 08:16


Nem bem passou o Carnaval e os supermercados já apostam nos ovos de Páscoa.Faltando pouco menos de 40 dias para a data que mais vende chocolates no País, os típicos corredores forrados com produtos pascoais começaram a ser montados.

Dados da Abicab (Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados) indicam que a produção de chocolates - barras, bombons e tabletes - atingiu as 300 mil toneladas em 2008, 2,7% a mais que em 2007. Este ano, a previsão é de crescimento de 2% na produção.

Aproveitando os números positivos, a Coop (Cooperativa de Consumo), prevê vendas 20% superiores a 2008. A aposta da rede são os chocolates de marca própria. Este ano, os ovos Coop Plus são fabricados pela Cacau Show. Segundo a gerenciadora de produtos de marca própria da Coop, Daniela Batista Marchiolli, o maior diferencial desses produtos é o preço mais acessível.

Com a antecipação das ofertas dos produtos de época, que se tornou tradicional, o Wal-Mart prevê crescimento de 15% nas vendas de toda a categoria, que além dos ovos de chocolate, inclui colombas pascoais, vinhos e pescados, como o bacalhau.

A rede aposta nos produtos exclusivos, licenciados e de marca própria. Segundo o Wal Mart, desde que personagens de desenhos do cinema começaram a ser comercializados como temas dos ovos de Páscoa, as vendas triplicaram.

No Grupo Pão de Açúcar. que engloba as lojas do Extra, CompreBem e Sendas, a expectativa é que as vendas de produtos pascoais aumentem 15%, ante mesmo período do ano passado.

A empresa estima vender mais de 2 milhões de quilos de chocolates nos dias que precedem a Páscoa.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Supermercados prevêem vendas até 20% maiores na Páscoa

Michele Loureiro
Do Diário do Grande ABC

27/02/2009 | 08:16


Nem bem passou o Carnaval e os supermercados já apostam nos ovos de Páscoa.Faltando pouco menos de 40 dias para a data que mais vende chocolates no País, os típicos corredores forrados com produtos pascoais começaram a ser montados.

Dados da Abicab (Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados) indicam que a produção de chocolates - barras, bombons e tabletes - atingiu as 300 mil toneladas em 2008, 2,7% a mais que em 2007. Este ano, a previsão é de crescimento de 2% na produção.

Aproveitando os números positivos, a Coop (Cooperativa de Consumo), prevê vendas 20% superiores a 2008. A aposta da rede são os chocolates de marca própria. Este ano, os ovos Coop Plus são fabricados pela Cacau Show. Segundo a gerenciadora de produtos de marca própria da Coop, Daniela Batista Marchiolli, o maior diferencial desses produtos é o preço mais acessível.

Com a antecipação das ofertas dos produtos de época, que se tornou tradicional, o Wal-Mart prevê crescimento de 15% nas vendas de toda a categoria, que além dos ovos de chocolate, inclui colombas pascoais, vinhos e pescados, como o bacalhau.

A rede aposta nos produtos exclusivos, licenciados e de marca própria. Segundo o Wal Mart, desde que personagens de desenhos do cinema começaram a ser comercializados como temas dos ovos de Páscoa, as vendas triplicaram.

No Grupo Pão de Açúcar. que engloba as lojas do Extra, CompreBem e Sendas, a expectativa é que as vendas de produtos pascoais aumentem 15%, ante mesmo período do ano passado.

A empresa estima vender mais de 2 milhões de quilos de chocolates nos dias que precedem a Páscoa.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;