Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 5 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Sharon promete ampliar ocupação israelense


Do Diário OnLine
Com AFP

17/11/2002 | 16:19


O primeiro-ministro israelense, Ariel Sharon, disse neste domingo que pretende ampliar a área de ocupação israelense nos territórios palestinos da Cisjordânia e da Faixa de Gaza, como retaliação ao ataque extremista em Hebron, que causou a morte de 12 judeus na sexta-feira.

"Temos que aproveitar a situação para estabelecer a continuidade territorial Hebron e a Tumba dos Patriarcas (lugar venerado pelo judaísmo e pelo Islã, onde aconteceu o atentado de sexta)”, disse o primeiro-ministro israelense.

O ministro das Relações Exteriores de Israel, Benjamin Netanyahu, pediu este domingo à comunidade internacional que apóie as medidas "contra o terrorismo" adotadas pelo país.

"Israel espera do mundo um apoio em nossa luta contra o terrorismo", declarou Netanyahu.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sharon promete ampliar ocupação israelense

Do Diário OnLine
Com AFP

17/11/2002 | 16:19


O primeiro-ministro israelense, Ariel Sharon, disse neste domingo que pretende ampliar a área de ocupação israelense nos territórios palestinos da Cisjordânia e da Faixa de Gaza, como retaliação ao ataque extremista em Hebron, que causou a morte de 12 judeus na sexta-feira.

"Temos que aproveitar a situação para estabelecer a continuidade territorial Hebron e a Tumba dos Patriarcas (lugar venerado pelo judaísmo e pelo Islã, onde aconteceu o atentado de sexta)”, disse o primeiro-ministro israelense.

O ministro das Relações Exteriores de Israel, Benjamin Netanyahu, pediu este domingo à comunidade internacional que apóie as medidas "contra o terrorismo" adotadas pelo país.

"Israel espera do mundo um apoio em nossa luta contra o terrorismo", declarou Netanyahu.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;