Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 1 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

G15 tenta mudar texto da reforma


Karen Camacho
Da Redaçao

09/08/1999 | 23:16


O G15 (grupo dos 15 municípios mais industrializados do Estado) vai a Brasília na quarta tentar mudar alguns pontos do relatório preliminar da reforma tributária. Uma audiência está marcada com o presidente da comissao especial que estuda a reforma, deputado Germano Rigotto (PMDB-RS), para as 13h.

Os prefeitos vao tentar falar também com o relator da proposta, deputado Mussa Demes (PFL-PI). Da regiao vao Gilson Menezes, de Diadema, e Maurício Soares, de Sao Bernardo.

Eles pretendem convencer os deputados de que o Estado de Sao Paulo e os municípios industrializados vao perder receita com a reforma apresentada como está no relatório preliminar de Mussa Demes, divulgado na semana passada.

Segundo Gilson, os prefeitos pretendem conversar com os deputados para também contribuir para o aprimoramento do texto. "Conversei com Rigotto e ele também nao acha justo sofrermos perda de receita. O prefeitos também defendem a reforma tributária. Mas uma reforma justa."

Para o deputado Luiz Carlos da Silva (PT-Santo André), que vai acompanhar os prefeitos na audiência, a reforma tributária ainda preocupa porque nao mostra como será a divisao de receitas agrupadas pelo IVA (Imposto sobre Valor Agregado). "Alguns pontos beneficiam as prefeituras, como a progressividade do IPTU (proposta defendida pelo Consórcio Intermunicipal do Grande ABC), mas os prefeitos têm de fazer uma pressao contínua para evitar perdas com as mudanças no ICMS e a eliminaçao do ISS."

O assessor especial do prefeito de Sao Bernardo, Maurício Soares, Joao Rogério Faria, vai nesta terça a Brasília discutir o assunto com técnicos de entidades municipalistas.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

G15 tenta mudar texto da reforma

Karen Camacho
Da Redaçao

09/08/1999 | 23:16


O G15 (grupo dos 15 municípios mais industrializados do Estado) vai a Brasília na quarta tentar mudar alguns pontos do relatório preliminar da reforma tributária. Uma audiência está marcada com o presidente da comissao especial que estuda a reforma, deputado Germano Rigotto (PMDB-RS), para as 13h.

Os prefeitos vao tentar falar também com o relator da proposta, deputado Mussa Demes (PFL-PI). Da regiao vao Gilson Menezes, de Diadema, e Maurício Soares, de Sao Bernardo.

Eles pretendem convencer os deputados de que o Estado de Sao Paulo e os municípios industrializados vao perder receita com a reforma apresentada como está no relatório preliminar de Mussa Demes, divulgado na semana passada.

Segundo Gilson, os prefeitos pretendem conversar com os deputados para também contribuir para o aprimoramento do texto. "Conversei com Rigotto e ele também nao acha justo sofrermos perda de receita. O prefeitos também defendem a reforma tributária. Mas uma reforma justa."

Para o deputado Luiz Carlos da Silva (PT-Santo André), que vai acompanhar os prefeitos na audiência, a reforma tributária ainda preocupa porque nao mostra como será a divisao de receitas agrupadas pelo IVA (Imposto sobre Valor Agregado). "Alguns pontos beneficiam as prefeituras, como a progressividade do IPTU (proposta defendida pelo Consórcio Intermunicipal do Grande ABC), mas os prefeitos têm de fazer uma pressao contínua para evitar perdas com as mudanças no ICMS e a eliminaçao do ISS."

O assessor especial do prefeito de Sao Bernardo, Maurício Soares, Joao Rogério Faria, vai nesta terça a Brasília discutir o assunto com técnicos de entidades municipalistas.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;