Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 17 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Intérprete de García Lorca morre aos 90 anos


Do Diário do Grande ABC

29/06/2000 | 12:53


O nome da atriz francesa Germaine Montero, falecida nesta quinta aos 90 anos de idade, é inseparável do nome de Federico García Lorca, cujas obras interpretou na Espanha e na França.

Intérprete de numerosas cançoes e poemas, entre outros de Prévert e Mac Orlan, esta cantora com temperamento de atriz trágica fez reviver Bruant, Branger e Lorca. Mas priorizou sua carreira de atriz, considerando que a música era somente seu ``hobby''.

Germaine Montero foi também uma das pioneiras do elenco do TNP, o teatro de Jean Vilar.

Parisiense que poderia passar por espanhola, Germaine Montero, cujo verdadeiro nome era Germaine Heygel, nasceu em Paris no dia 22 de outubro de 1909. Aos 18 anos, descobriu a Espanha, onde começou uma carreira de atriz em Madri no teatro La Barraca de Federico García Lorca. Muito rapidamente, decidiu adotar o sobrenome artístico espanhol de Montero.

A jovem atriz percorreu a península ibérica interpretando os clássicos espanhóis e estreando as obras do poeta, morto pelos franquistas em Granada em 1936 e que teria completado cem anos em 1998: ``Bodas de Sangue'', ``Yerma'', ``Dona Rosita, a solteira'', ``A Casa de Bernarda Alba''.

Ao começar a guerra civil espanhola, retornou a seu país, onde em 1939 voltou a interpretar ``Bodas de Sangue'', primeira obra de García Lorca montada na França.

Depois de ter encarnado em 1938 Lorenza, heroína de ``Fuenteovejuna'', de Lope de Vega, Germaine Montero revelou na França em 1946 outro autor espanhol, Ramón del Valle Inclán, de quem interpretou ``Divinas palavras''.

Em sua carreira teatral, figuram ainda a adaptaçao de ``Os irmaos Karamazov'', de Dostoievsky, ``Mae Coragem'', de Brecht, e ``A Máquina infernal'', de Cocteau, entre muitas outras peças.

No cinema, trabalhou sob a direçao de Henri Jeanson (``Lady Paname'', 1949), René Clément (``Monsieur Ripois'', 1953), Henri Decoin (``A máscara de ferro'',1962), em que interpretou o papel de Ana da Austria, ao lado de Jean Marais), Roger Vadim (``La Curée, 1965), Claude Lelouch (``Robert et Robert'', 1978).



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;