Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

André Luiz promete brigar pela posição na zaga do São Paulo


Nelson Cilo
Com Agências

17/12/2009 | 07:00


O experiente André Luiz, 30 anos, que se apresenta ao São Paulo no dia 7, reconhece que não terá vida fácil no Morumbi. Afinal, ele sabe que irá enfrentar a concorrência direta de Miranda, André Dias e Renato Silva. Os primeiros foram eleitos recentemente os melhores do País na festa da CBF. Breno (Bayern Munique) e Xandão (Barueri) também estão nos planos do Tricolor.

"Faremos uma disputa pesada, mas leal e sadia. Vou encarar três bons concorrentes, mas quero lutar pelo meu espaço como titular. O André chega ao São Paulo para brigar", alerta o grandalhão, que se refere à terceira pessoa ao falar dele mesmo.

Além de André Luiz, já oficializado, um dos prováveis nomes da lista de Ricardo Gomes é Marcelinho Paraíba, que no Campeonato Brasileiro sobressaiu-se no Coritiba, apesar do rebaixamento dos paranaenses. O agente do meia, Joseph Lee, não acredita que o Coritiba tenha condições de mantê-lo para 2010. "Ele gostaria de participar da campanha pela volta à elite, mas não acho que consigam segurar um jogador considerado caro", supõe o procurador do atleta.

Enquanto isso, Cicinho, vítima de série de lesões graves no joelho nos últimos anos, procura encontrar novos rumos para 2010. Como não tem sido aproveitado na Roma, o lateral já sinaliza provável retorno ao São Paulo. Ontem, o ala disse que, em entrevista à Rádio Eldorado, que recebeu sondagens de Milton Cruz, auxiliar de Ricardo Gomes no Tricolor. Nos tempos de São Paulo, Cicinho ganhou uma Copa Libertadores e o Mundial de Clubes.

Já Richarlyson, de férias no São Paulo, procura dedicar algum tempo a gestos de solidariedade. No próximo sábado, o volante vai organizar jogo beneficente em Agudos, cidade localizada a 330 quilômetros da Capital.

Ontem, chegou ao clube a notícia de que Vail Mota, 71, técnico do São Paulo em 1972, faleceu em Araraquara. O ex-ponta-esquerda também ganhou destaque no futebol paulista como treinador. Ele sofria de Mal de Alzheimer e de complicações na próstata.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

André Luiz promete brigar pela posição na zaga do São Paulo

Nelson Cilo
Com Agências

17/12/2009 | 07:00


O experiente André Luiz, 30 anos, que se apresenta ao São Paulo no dia 7, reconhece que não terá vida fácil no Morumbi. Afinal, ele sabe que irá enfrentar a concorrência direta de Miranda, André Dias e Renato Silva. Os primeiros foram eleitos recentemente os melhores do País na festa da CBF. Breno (Bayern Munique) e Xandão (Barueri) também estão nos planos do Tricolor.

"Faremos uma disputa pesada, mas leal e sadia. Vou encarar três bons concorrentes, mas quero lutar pelo meu espaço como titular. O André chega ao São Paulo para brigar", alerta o grandalhão, que se refere à terceira pessoa ao falar dele mesmo.

Além de André Luiz, já oficializado, um dos prováveis nomes da lista de Ricardo Gomes é Marcelinho Paraíba, que no Campeonato Brasileiro sobressaiu-se no Coritiba, apesar do rebaixamento dos paranaenses. O agente do meia, Joseph Lee, não acredita que o Coritiba tenha condições de mantê-lo para 2010. "Ele gostaria de participar da campanha pela volta à elite, mas não acho que consigam segurar um jogador considerado caro", supõe o procurador do atleta.

Enquanto isso, Cicinho, vítima de série de lesões graves no joelho nos últimos anos, procura encontrar novos rumos para 2010. Como não tem sido aproveitado na Roma, o lateral já sinaliza provável retorno ao São Paulo. Ontem, o ala disse que, em entrevista à Rádio Eldorado, que recebeu sondagens de Milton Cruz, auxiliar de Ricardo Gomes no Tricolor. Nos tempos de São Paulo, Cicinho ganhou uma Copa Libertadores e o Mundial de Clubes.

Já Richarlyson, de férias no São Paulo, procura dedicar algum tempo a gestos de solidariedade. No próximo sábado, o volante vai organizar jogo beneficente em Agudos, cidade localizada a 330 quilômetros da Capital.

Ontem, chegou ao clube a notícia de que Vail Mota, 71, técnico do São Paulo em 1972, faleceu em Araraquara. O ex-ponta-esquerda também ganhou destaque no futebol paulista como treinador. Ele sofria de Mal de Alzheimer e de complicações na próstata.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;