Fechar
Publicidade

Sábado, 7 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Zanetti evita argola e fica com dois ouros

Técnico poupa atleta por dificuldade com aparelho em Bauru; Francisco Barreto leva seis medalhas


Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

17/11/2012 | 07:00


Quem esperava por show de Arthur Zanetti nos Jogos Abertos do Interior se surpreendeu com outro talento da ginástica que está surgindo em São Caetano. Enquanto o medalhista de ouro na Olimpíada de Londres subiu ao lugar mais alto do pódio duas vezes - no salto e no solo -, Francisco Barreto saiu do ginásio com o pescoço curvado de tanto peso, carregando quatro medalhas de ouro e outras duas de prata.

A dupla ajudou São Caetano a vencer de forma inquestionável a competição. Foram 20 medalhas de 21 possíveis. São José dos Campos terminou em segundo. As cidades repetiram o desempenho e também fizeram dobradinha no feminino.

A tão esperada apresentação de Arthur Zanetti nas argolas, prova que o deixou em evidência no mundo, não aconteceu. O técnico Marcos Goto preferiu poupar o atleta por conta do aparelho disponibilizado no ginásio de Bauru.

Mesmo assim, o ginasta não decepcionou os fãs. Competiu no solo e no salto e venceu com extrema facilidade. "No solo realizei série sem simplificar nada e gostei, achei que foi muito boa. No salto, fiz minha primeira série mais difícil e foi bom. Fiz o segundo um pouco mais básico e ele não foi tão. Mas valeu pelas medalhas e porque ganhamos também em equipe", explicou Zanetti, que levou mídia para a competição, além de fãs. "Tinham algumas TVs, tirei muitas fotos e dei autógrafos", completou.

Agora, Arthur embarca rumo à Europa na terça-feira para as duas últimas competições do ano: a etapa da Copa do Mundo de Ostrava (República Tcheca), no fim do mês, e uma competição por equipes em dezembro, em Stuttgart (Alemanha).

O principal desafio do ginasta será tentar fechar 2012 no topo do ranking mundial nas argolas. Arthur é o líder, com 115 pontos, com o grego Eleftherios Petrounias em segundo (110) e o holandês Iury van Gelder em terceiro (72).

Também integrante da Seleção Brasileira, Francisco Barreto chamou atenção pela vitalidade e qualidade nos aparelhos que disputou nos Abertos.

Praticamente perfeito, ele ficou com o ouro no cavalo com alças, paralelas assimétricas, barra fixa e no individual geral. De quebra, levou a prata nas argolas e no salto sobre a mesa. "Fiz minha parte e estou feliz por ter ajudado a equipe", comentou o ginasta.

 

Tigre garante vaga no futebol masculino

O São Bernardo arrancou empate por 1 a 1 com Ribeirão Preto e confirmou a primeira posição no Grupo B do futebol masculino nos Jogos Abertos. As equipes haviam vencido na estreia, mas os meninos do Tigre contavam com melhor saldo de gols e, por isso, dependiam apenas da igualdade.

O jogo foi bastante equilibrado. André Baratella abriu o placar para Ribeirão Preto, colocando pressão sobre o São Bernardo. Apesar de jovem, a equipe teve calma e empatou com Jhonatan, de pênalti.

"Conseguimos o nosso objetivo, que era terminar em primeiro do grupo para pegar o segundo da outra chave. Agora queremos entrar com mais força e determinação na segunda fase", disse Jhonatan.

O São Bernardo só ficaria sabendo do adversário nas quartas de final ontem, por volta das 23h, horário no qual é divulgado o boletim oficial da competição. Isso porque os segundos colocados são sorteados para definir quem pega quem. "Estou gostando da disposição do time, que é um dos mais jovens da competição. Estamos com elenco de 17 a 18 anos e isso dificulta, mas acho que temos condições de passar para a semifinal", projetou o técnico Paraná.

Já o São Caetano teve azar. O time vencia o Guarulhos por 1 a 0, mas permitiu o empate e terminou a fase com campanha idêntica à do rival. Com isso, a vaga acabou decidida no sorteio e o time guarulhense levou a melhor.

 

S.Bernado derrota o poderoso Osasco no vôlei

O São Bernardo causou uma das maiores surpresas até agora nos Jogos Abertos. Determinado, o time de vôlei feminino jogou bem e derrotou o poderoso Osasco, atual campeão Paulista e da Superliga, por 3 sets a 2 (parciais de 23/25, 25/21, 18/25, 30/28 e 15/13), ontem, no Ginásio Panela de Pressão, em Bauru.

Hoje, às 14h, a equipe volta à quadra para o clássico regional contra o remodelado time de São Caetano, no mesmo local. As equipes estão garantidas na Superliga, que começa no fim do mês, e devem usar a partida para ajustar os últimos detalhes.

Um dos destaques da vitória sobre Osasco foi a central Giovanna, que comemorou a evolução do time. "Foi um jogo bom, estou muito feliz. Conseguimos superar alguns erros que tivemos ao longo da partida. Isso mostra o quanto o trabalho que está sendo feito é importante. Temos ainda algumas coisas para acertar, porém estou muito contente com o empenho que a equipe teve hoje (ontem) em quadra", comemorou a jogadora.

Outra peça importante na vitória foi a oposto Renatinha Colombo. A experiência da atacante foi fundamental para o resultado. "Sabíamos que seria um jogo muito difícil, mas nosso time entrou com vontade. Fizemos a nossa parte e conseguimos um resultado importante para estar na final. Agora é pensar já na partida de amanhã (hoje) contra São Caetano para realmente estarmos na final", lembrou.

 

NATAÇÃO
São Caetano e Piracicaba, que disputam ponto a ponto a liderança geral dos Jogos Abertos, protagonizaram duelo acirrado na natação para atletas com necessidades especiais (PCD). Diferentemente do que acontece com os demais esportes, quando conta-se com um campeão no masculino e outro no feminino, na modalidade são somados os resultados de homens e mulheres.

Assim, a cidade do Interior venceu por apenas três pontos de diferença: 218 contra 215 de São Caetano. São José do Rio Preto terminou em terceiro lugar com 204.

 

Clássico regional define título no handebol

Santo André e São Bernardo vão reeditar a final de 2011 e decidir o handebol feminino nos Abertos de Bauru. Ontem, as andreenses passaram por Americana (22 a 21) e terão a chance da revanche contra as são-bernardenses, que derrotaram Itapevi (25 a 11). A final será hoje, mas a organização não divulgou o horário.

Nos jogos de ontem, a goleira andreense Flávia deixou a quadra rotulada como heroína ao defender chute à queima-roupa faltando 15 segundos para o fim. Já no duelo do São Bernardo quem brilhou foi a ponteira Célia, artilheira da partida com dez gols.

O título pode contar e muito para São Bernardo na disputa pelo título geral dos Abertos. "Independentemente de ser mais uma vez contra elas, temos em mente que é mais uma final para nós e, além disso, vale muito para a instituição e também para a cidade de São Bernardo. Por isso, iremos entrar em quadra amanhã (hoje) muito focadas e determinadas a ficar com o título", disse a armadora Adriana.

 

MASCULINO
Entre os homens, São Bernardo foi a campeã. Na noite de quinta-feira, o time bateu São Carlos por 29 a 22 e conquistou o pentacampeonato.

Sem descanso, a equipe retorna ao Grande ABC e se concentra na semifinal da Liga Nacional, quando enfrenta Taubaté, na próxima semana.

 

OUTRAS ATRAÇÕES
O sábado terá programação bastante extensa. Entre os destaques, está a estreia do tênis de mesa, modalidade que reúne alguns dos principais jogadores da Seleção Brasileira.

A favorita equipe de São Caetano, que conta com Gustavo Tsuboi e Cazuo Matsumoto, enfrenta Americana, às 15h, enquanto que São Bernardo, do incansável Hugo Hoyama, terá pela frente São José do Rio Preto, às 15h30.

Hoje ainda ocorrem disputas na malha, tênis, kickboxing, taekwondo, damas, ciclismo, bocha e biribol.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Zanetti evita argola e fica com dois ouros

Técnico poupa atleta por dificuldade com aparelho em Bauru; Francisco Barreto leva seis medalhas

Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

17/11/2012 | 07:00


Quem esperava por show de Arthur Zanetti nos Jogos Abertos do Interior se surpreendeu com outro talento da ginástica que está surgindo em São Caetano. Enquanto o medalhista de ouro na Olimpíada de Londres subiu ao lugar mais alto do pódio duas vezes - no salto e no solo -, Francisco Barreto saiu do ginásio com o pescoço curvado de tanto peso, carregando quatro medalhas de ouro e outras duas de prata.

A dupla ajudou São Caetano a vencer de forma inquestionável a competição. Foram 20 medalhas de 21 possíveis. São José dos Campos terminou em segundo. As cidades repetiram o desempenho e também fizeram dobradinha no feminino.

A tão esperada apresentação de Arthur Zanetti nas argolas, prova que o deixou em evidência no mundo, não aconteceu. O técnico Marcos Goto preferiu poupar o atleta por conta do aparelho disponibilizado no ginásio de Bauru.

Mesmo assim, o ginasta não decepcionou os fãs. Competiu no solo e no salto e venceu com extrema facilidade. "No solo realizei série sem simplificar nada e gostei, achei que foi muito boa. No salto, fiz minha primeira série mais difícil e foi bom. Fiz o segundo um pouco mais básico e ele não foi tão. Mas valeu pelas medalhas e porque ganhamos também em equipe", explicou Zanetti, que levou mídia para a competição, além de fãs. "Tinham algumas TVs, tirei muitas fotos e dei autógrafos", completou.

Agora, Arthur embarca rumo à Europa na terça-feira para as duas últimas competições do ano: a etapa da Copa do Mundo de Ostrava (República Tcheca), no fim do mês, e uma competição por equipes em dezembro, em Stuttgart (Alemanha).

O principal desafio do ginasta será tentar fechar 2012 no topo do ranking mundial nas argolas. Arthur é o líder, com 115 pontos, com o grego Eleftherios Petrounias em segundo (110) e o holandês Iury van Gelder em terceiro (72).

Também integrante da Seleção Brasileira, Francisco Barreto chamou atenção pela vitalidade e qualidade nos aparelhos que disputou nos Abertos.

Praticamente perfeito, ele ficou com o ouro no cavalo com alças, paralelas assimétricas, barra fixa e no individual geral. De quebra, levou a prata nas argolas e no salto sobre a mesa. "Fiz minha parte e estou feliz por ter ajudado a equipe", comentou o ginasta.

 

Tigre garante vaga no futebol masculino

O São Bernardo arrancou empate por 1 a 1 com Ribeirão Preto e confirmou a primeira posição no Grupo B do futebol masculino nos Jogos Abertos. As equipes haviam vencido na estreia, mas os meninos do Tigre contavam com melhor saldo de gols e, por isso, dependiam apenas da igualdade.

O jogo foi bastante equilibrado. André Baratella abriu o placar para Ribeirão Preto, colocando pressão sobre o São Bernardo. Apesar de jovem, a equipe teve calma e empatou com Jhonatan, de pênalti.

"Conseguimos o nosso objetivo, que era terminar em primeiro do grupo para pegar o segundo da outra chave. Agora queremos entrar com mais força e determinação na segunda fase", disse Jhonatan.

O São Bernardo só ficaria sabendo do adversário nas quartas de final ontem, por volta das 23h, horário no qual é divulgado o boletim oficial da competição. Isso porque os segundos colocados são sorteados para definir quem pega quem. "Estou gostando da disposição do time, que é um dos mais jovens da competição. Estamos com elenco de 17 a 18 anos e isso dificulta, mas acho que temos condições de passar para a semifinal", projetou o técnico Paraná.

Já o São Caetano teve azar. O time vencia o Guarulhos por 1 a 0, mas permitiu o empate e terminou a fase com campanha idêntica à do rival. Com isso, a vaga acabou decidida no sorteio e o time guarulhense levou a melhor.

 

S.Bernado derrota o poderoso Osasco no vôlei

O São Bernardo causou uma das maiores surpresas até agora nos Jogos Abertos. Determinado, o time de vôlei feminino jogou bem e derrotou o poderoso Osasco, atual campeão Paulista e da Superliga, por 3 sets a 2 (parciais de 23/25, 25/21, 18/25, 30/28 e 15/13), ontem, no Ginásio Panela de Pressão, em Bauru.

Hoje, às 14h, a equipe volta à quadra para o clássico regional contra o remodelado time de São Caetano, no mesmo local. As equipes estão garantidas na Superliga, que começa no fim do mês, e devem usar a partida para ajustar os últimos detalhes.

Um dos destaques da vitória sobre Osasco foi a central Giovanna, que comemorou a evolução do time. "Foi um jogo bom, estou muito feliz. Conseguimos superar alguns erros que tivemos ao longo da partida. Isso mostra o quanto o trabalho que está sendo feito é importante. Temos ainda algumas coisas para acertar, porém estou muito contente com o empenho que a equipe teve hoje (ontem) em quadra", comemorou a jogadora.

Outra peça importante na vitória foi a oposto Renatinha Colombo. A experiência da atacante foi fundamental para o resultado. "Sabíamos que seria um jogo muito difícil, mas nosso time entrou com vontade. Fizemos a nossa parte e conseguimos um resultado importante para estar na final. Agora é pensar já na partida de amanhã (hoje) contra São Caetano para realmente estarmos na final", lembrou.

 

NATAÇÃO
São Caetano e Piracicaba, que disputam ponto a ponto a liderança geral dos Jogos Abertos, protagonizaram duelo acirrado na natação para atletas com necessidades especiais (PCD). Diferentemente do que acontece com os demais esportes, quando conta-se com um campeão no masculino e outro no feminino, na modalidade são somados os resultados de homens e mulheres.

Assim, a cidade do Interior venceu por apenas três pontos de diferença: 218 contra 215 de São Caetano. São José do Rio Preto terminou em terceiro lugar com 204.

 

Clássico regional define título no handebol

Santo André e São Bernardo vão reeditar a final de 2011 e decidir o handebol feminino nos Abertos de Bauru. Ontem, as andreenses passaram por Americana (22 a 21) e terão a chance da revanche contra as são-bernardenses, que derrotaram Itapevi (25 a 11). A final será hoje, mas a organização não divulgou o horário.

Nos jogos de ontem, a goleira andreense Flávia deixou a quadra rotulada como heroína ao defender chute à queima-roupa faltando 15 segundos para o fim. Já no duelo do São Bernardo quem brilhou foi a ponteira Célia, artilheira da partida com dez gols.

O título pode contar e muito para São Bernardo na disputa pelo título geral dos Abertos. "Independentemente de ser mais uma vez contra elas, temos em mente que é mais uma final para nós e, além disso, vale muito para a instituição e também para a cidade de São Bernardo. Por isso, iremos entrar em quadra amanhã (hoje) muito focadas e determinadas a ficar com o título", disse a armadora Adriana.

 

MASCULINO
Entre os homens, São Bernardo foi a campeã. Na noite de quinta-feira, o time bateu São Carlos por 29 a 22 e conquistou o pentacampeonato.

Sem descanso, a equipe retorna ao Grande ABC e se concentra na semifinal da Liga Nacional, quando enfrenta Taubaté, na próxima semana.

 

OUTRAS ATRAÇÕES
O sábado terá programação bastante extensa. Entre os destaques, está a estreia do tênis de mesa, modalidade que reúne alguns dos principais jogadores da Seleção Brasileira.

A favorita equipe de São Caetano, que conta com Gustavo Tsuboi e Cazuo Matsumoto, enfrenta Americana, às 15h, enquanto que São Bernardo, do incansável Hugo Hoyama, terá pela frente São José do Rio Preto, às 15h30.

Hoje ainda ocorrem disputas na malha, tênis, kickboxing, taekwondo, damas, ciclismo, bocha e biribol.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;