Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 6 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Danilo diz que Timão precisa se inspirar no São Paulo de 2005

jogador era um dos integrantes da equipe vitoriosa do São Paulo


da Redação

17/11/2012 | 07:07


 

O meia Danilo não se importa em dizer que se inspira em rival do Corinthians para conquistar o Mundial de Clubes deste ano, no Japão. Afinal, o veterano jogador era um dos integrantes da equipe vitoriosa do São Paulo em 2005.

"A qualidade dos europeus é muito grande. No futebol de hoje, quando você menospreza alguém, acaba perdendo. Nosso time foi muito focado naquele jogo, sem medo do adversário. É um reflexo da nossa: todo mundo marca, se ajuda, com os pés no chão e muita vontade", afirmou ontem o meio-campista.

Assim como o São Paulo, que teve o Liverpool como adversário na decisão do Mundial, o Corinthians vê uma equipe inglesa como a sua principal concorrente na disputa pelo título da Fifa. Para Danilo, o Chelsea poderá cometer o mesmo erro dos vice-campeões de 2005. "A qualidade dos times ingleses é muito grande, mas isso não garante a vitória. Se eles entram em campo achando que já ganharam, acabam perdendo", explicou.

O meia repete o discurso da diretoria e do técnico Tite e pede atenção na primeira partida. Naquela ocasião, o São Paulo enfrentou problemas para avançar à decisão com vitória por 3 a 2 sobre o Al-Ittihad, da Arábia Saudita. Na final, bateu os ingleses por 1 a 0.

"O primeiro jogo é muito difícil. Vamos jogar respeitando o adversário, mas nos impondo. Isso é fundamental. Não vamos ganhar de qualquer jeito. Vamos ter de atuar da mesma maneira que a Libertadores", disse o meia.

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Danilo diz que Timão precisa se inspirar no São Paulo de 2005

jogador era um dos integrantes da equipe vitoriosa do São Paulo

da Redação

17/11/2012 | 07:07


 

O meia Danilo não se importa em dizer que se inspira em rival do Corinthians para conquistar o Mundial de Clubes deste ano, no Japão. Afinal, o veterano jogador era um dos integrantes da equipe vitoriosa do São Paulo em 2005.

"A qualidade dos europeus é muito grande. No futebol de hoje, quando você menospreza alguém, acaba perdendo. Nosso time foi muito focado naquele jogo, sem medo do adversário. É um reflexo da nossa: todo mundo marca, se ajuda, com os pés no chão e muita vontade", afirmou ontem o meio-campista.

Assim como o São Paulo, que teve o Liverpool como adversário na decisão do Mundial, o Corinthians vê uma equipe inglesa como a sua principal concorrente na disputa pelo título da Fifa. Para Danilo, o Chelsea poderá cometer o mesmo erro dos vice-campeões de 2005. "A qualidade dos times ingleses é muito grande, mas isso não garante a vitória. Se eles entram em campo achando que já ganharam, acabam perdendo", explicou.

O meia repete o discurso da diretoria e do técnico Tite e pede atenção na primeira partida. Naquela ocasião, o São Paulo enfrentou problemas para avançar à decisão com vitória por 3 a 2 sobre o Al-Ittihad, da Arábia Saudita. Na final, bateu os ingleses por 1 a 0.

"O primeiro jogo é muito difícil. Vamos jogar respeitando o adversário, mas nos impondo. Isso é fundamental. Não vamos ganhar de qualquer jeito. Vamos ter de atuar da mesma maneira que a Libertadores", disse o meia.

 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;