Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 27 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Fred marca gol no fim e salva o Fluminense de derrota



27/02/2014 | 00:14


Fred estava prestes a terminar mais uma partida ruim pelo Fluminense nesta quarta-feira. Mas, aos 48 minutos do segundo tempo, decidiu. O atacante da seleção brasileira recebeu lançamento de Walter de costas para o gol, dominou com o peito e chutou forte para fazer 1 a 1, decretando o empate do time tricolor diante da Cabofriense, pela 11.ª rodada do Campeonato Carioca.

O resultado manteve o Fluminense na vice-liderança, que é liderado pelo Flamengo. Com um jogo a menos, os rubro-negros têm 25 pontos, seguidos por tricolores e pela própria Cabofriense, que têm 23 cada. O time das Laranjeiras leva vantagem no saldo de gols (9 a 5).

A derrota por 3 a 0 diante do Vasco no último domingo e os desfalques de Valencia, suspenso, e Carlinhos, com pubalgia, fizeram o técnico Renato Gaúcho mudar o esquema para esta partida. Jogando no 4-3-3, o Fluminense contou com Biro-Biro, Rafael Sóbis e Fred compondo o sistema ofensivo - que não funcionou na primeira etapa.

Dos três, quem mais mostrou serviço nos 45 minutos iniciais foi Biro-Biro. Movimentando-se pelo lado esquerdo, o jovem atacante criou jogadas e arriscou chutes a gol, mas a maioria das conclusões foram para fora. Já Fred novamente vinha fazendo uma partida não mais do que razoável. A rigor, o atacante teve uma única boa conclusão na etapa inicial quando, aos 37, cabeceou à queima-roupa quase da pequena área e Luis Cetin espalmou.

Na etapa final, a história se repetiu. Aos 12 minutos, o atacante perdeu um gol da pequena área, cabeceando para fora. À beira do campo, o técnico Renato Gaúcho se desesperou. E ficou mais possesso ainda quando, aos 14, Daniel Tijolo aproveitou cruzamento da esquerda e, livre, abriu o placar para a Cabofriense.

O resultado parcial colocava a equipe de Cabo Frio na vice-liderança do campeonato, ultrapassando o próprio Fluminense. A torcida, então, pediu Walter e não tardou para Renato Gaúcho colocá-lo em campo na vaga de Rafael Sóbis - que saiu de campo reclamando.

A entrada do atacante, porém, se mostrou correta. O Fluminense ganhou mais posse de bola na frente e passou a criar mais chances de gol. Biro-Biro perdeu dois e Fred perdeu mais um. Mas, quando tudo indicava que o jogo terminaria mesmo com mais uma derrota do time tricolor, Fred recebeu na área e, com um lindo trabalho de pivô, girou o corpo para empatar o jogo.

FICHA TÉCNICA

CABOFRIENSE 1 x 1 FLUMINENSE

CABOFRIENSE - Luis Cetin; Rodrigo Dias, Luizão, Victor Silva e Leandro; Jardel, Pará (Silvano), Daniel Tijolo (Filipi) e Eberson (Arthur Sanches); Keninha e Fabrício Carvalho. Técnico: Alexandre Barroso.

FLUMINENSE - Diego Cavalieri; Bruno, Gum, Elivelton e Ailton (Chiquinho); Diguinho, Jean (Wagner) e Conca; Biro-Biro, Rafael Sóbis (Walter) e Fred. Técnico: Renato Gaúcho.

GOLS - Daniel Tijolo, aos 14, e Fred, aos 48 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Daniel Tijolo (Cabofriense); Ailton (Fluminense).

ÁRBITRO - Grazianni Maciel Rocha.

RENDA - R$ 34.295,00.

PÚBLICO - 1.580 pagantes (1.794 no total).

LOCAL - Estádio Cláudio Moacyr, em Macaé (RJ).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Fred marca gol no fim e salva o Fluminense de derrota


27/02/2014 | 00:14


Fred estava prestes a terminar mais uma partida ruim pelo Fluminense nesta quarta-feira. Mas, aos 48 minutos do segundo tempo, decidiu. O atacante da seleção brasileira recebeu lançamento de Walter de costas para o gol, dominou com o peito e chutou forte para fazer 1 a 1, decretando o empate do time tricolor diante da Cabofriense, pela 11.ª rodada do Campeonato Carioca.

O resultado manteve o Fluminense na vice-liderança, que é liderado pelo Flamengo. Com um jogo a menos, os rubro-negros têm 25 pontos, seguidos por tricolores e pela própria Cabofriense, que têm 23 cada. O time das Laranjeiras leva vantagem no saldo de gols (9 a 5).

A derrota por 3 a 0 diante do Vasco no último domingo e os desfalques de Valencia, suspenso, e Carlinhos, com pubalgia, fizeram o técnico Renato Gaúcho mudar o esquema para esta partida. Jogando no 4-3-3, o Fluminense contou com Biro-Biro, Rafael Sóbis e Fred compondo o sistema ofensivo - que não funcionou na primeira etapa.

Dos três, quem mais mostrou serviço nos 45 minutos iniciais foi Biro-Biro. Movimentando-se pelo lado esquerdo, o jovem atacante criou jogadas e arriscou chutes a gol, mas a maioria das conclusões foram para fora. Já Fred novamente vinha fazendo uma partida não mais do que razoável. A rigor, o atacante teve uma única boa conclusão na etapa inicial quando, aos 37, cabeceou à queima-roupa quase da pequena área e Luis Cetin espalmou.

Na etapa final, a história se repetiu. Aos 12 minutos, o atacante perdeu um gol da pequena área, cabeceando para fora. À beira do campo, o técnico Renato Gaúcho se desesperou. E ficou mais possesso ainda quando, aos 14, Daniel Tijolo aproveitou cruzamento da esquerda e, livre, abriu o placar para a Cabofriense.

O resultado parcial colocava a equipe de Cabo Frio na vice-liderança do campeonato, ultrapassando o próprio Fluminense. A torcida, então, pediu Walter e não tardou para Renato Gaúcho colocá-lo em campo na vaga de Rafael Sóbis - que saiu de campo reclamando.

A entrada do atacante, porém, se mostrou correta. O Fluminense ganhou mais posse de bola na frente e passou a criar mais chances de gol. Biro-Biro perdeu dois e Fred perdeu mais um. Mas, quando tudo indicava que o jogo terminaria mesmo com mais uma derrota do time tricolor, Fred recebeu na área e, com um lindo trabalho de pivô, girou o corpo para empatar o jogo.

FICHA TÉCNICA

CABOFRIENSE 1 x 1 FLUMINENSE

CABOFRIENSE - Luis Cetin; Rodrigo Dias, Luizão, Victor Silva e Leandro; Jardel, Pará (Silvano), Daniel Tijolo (Filipi) e Eberson (Arthur Sanches); Keninha e Fabrício Carvalho. Técnico: Alexandre Barroso.

FLUMINENSE - Diego Cavalieri; Bruno, Gum, Elivelton e Ailton (Chiquinho); Diguinho, Jean (Wagner) e Conca; Biro-Biro, Rafael Sóbis (Walter) e Fred. Técnico: Renato Gaúcho.

GOLS - Daniel Tijolo, aos 14, e Fred, aos 48 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Daniel Tijolo (Cabofriense); Ailton (Fluminense).

ÁRBITRO - Grazianni Maciel Rocha.

RENDA - R$ 34.295,00.

PÚBLICO - 1.580 pagantes (1.794 no total).

LOCAL - Estádio Cláudio Moacyr, em Macaé (RJ).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;