Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 27 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

São Caetano e Santos
visam Jogos Abertos

Cidades precisam vencer Jogos Regionais para garantir vaga
na competição; na pior hipótese precisam garantir o 2º lugar


Lígia Valezi
Especial para o Diário

04/07/2012 | 07:00


São Caetano, Santos e mais 28 cidades da região metropolitana de São Paulo e Baixada Santista entram na disputa do título dos Jogos Regionais, que começam hoje em Santo André. Os dois municípios, de modo especial, protagonizam o duelo pela conquista da Primeira Divisão. A vitória na competição garante classificação aos tradicionais Jogos Abertos do Interior, em novembro, na cidade de Bauru.

O município do Grande ABC pode ficar de fora da competição pela primeira vez na história - a Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude do Estado não disponibilizou informações sobre o histórico das delegações.

No período entre 1997 e 2011, São Caetano foi campeã 13 vezes (vice em 2003, e no passado acabou em sexto lugar). A cidade litorânea também tem tradição na competição e contabiliza 25 títulos, o último em 2003. É a grande vencedora até hoje.

Para disputar o torneio em novembro, as cidades precisam ganhar os Jogos Regionais de Santo André. Na pior das hipóteses, precisam garantir o segundo lugar caso São Bernardo fature o bicampeonato. Isso porque a cidade do prefeito Luiz Marinho (PT) já está classificada à competição do Interior, graças à campanha do ano passado, quando foi campeã.

O secretário de Esportes de São Caetano Marcos Siarvi avaliou que a disputa pelo título será acirrada ao lado de Santos e São Bernardo. "As três cidades estão no mesmo nível técnico. Nossa delegação tem de estar sempre à frente de Santos, nosso maior adversário. Até o último dia estaremos com a calculadora fazendo as projeções", explicou.

Ao todo, 14 cidades disputarão o título da Primeira Divisão dos Jogos Abertos do Interior, em novembro: a cidade sede, no caso Bauru, o campeão de cada um dos Jogos Regionais (além do disputado em Santo André, há mais sete em todo o Estado), os três times com melhor desempenho na competição do ano anterior (neste caso São Bernardo, São José dos Campos e Piracicaba), mais o campeão e vice da Segunda Divisão dos Abertos de 2011 (Guarulhos e Santana de Parnaíba).

Até o dia 14, São Caetano e Santos viverão cada disputa dos Regionais como decisão.


São-caetanenses apostam em olímpicos

São Caetano contará com rostos famosos em meio aos atletas que representarão a cidade na 56ª edição dos Jogos Regionais. O ginasta Arthur Zanetti e os mesa-tenistas Gustavo Tsuboi, Cazuo Matsumoto e Caroline Kumahara, todos confirmados para a Olimpíada de Londres, no fim do mês, também disputarão a competição regional.

Ao lado de São Bernardo e Santos, a cidade é cotada como favorita para levar o título deste ano. São Caetano terá representantes em todas as modalidades esportivas. O município enviará delegação com 550 membros, entre atletas e comissão técnica.

O secretário de Esportes de São Caetano Marcos Siarvi afirmou que grande parte das modalidades coletivas, como o basquete feminino e masculino, contarão com equipes de até 21 anos.

"Temos como favoritos o atletismo, basquete, futsal masculino, ginástica, natação, caratê e vôlei. Uma modalidade sempre imprevisível de saber o campeão é o futebol masculino", avaliou Siarvi.

No ano passado, a cidade foi a terceira colocada, atrás de São Bernardo e Santos.


Campeã olímpica do vôlei de praia acende pira em cerimônia

Pela segunda vez consecutiva e a terceira na história, Santo André receberá a 56ª edição dos Jogos Regionais (sediou o evento em 2009 e 2011). A cerimônia de abertura acontece hoje, a partir das 19h, no Ginásio Pedro Dell'Antonia, na Vila Pires, com entrada gratuita.

A medalhista olímpica, mundial e pan-americana de vôlei de praia Adriana Behar acenderá a pira olímpica, ato simbólico que marca o início da competição. A atleta, natural do Rio de Janeiro, nunca jogou pela região.

Segundo a prefeitura, seis mil atletas chegaram ontem ao Grande ABC para disputar as 22 modalidades disponíveis. As novidades deste ano são as categorias de mountain bike, em Paranapiacaba, e de BMX, espécie de ciclismo disputado em pistas de terra.

As competições começam apenas amanhã com as disputas de vôlei, handebol, futebol, malha, tênis, BMX e capoeira.

No total, 30 cidades ficarão alojadas em 26 escolas públicas estaduais de Santo André até o dia 14.


Entre favoritas, São Bernardo busca o bicampeonato

São Bernardo busca em 2012 o segundo título consecutivo pela Primeira Divisão dos Jogos Regionais. Para a campanha deste ano, a cidade contará com 620 representantes (486 atletas, 93 membros da comissão técnica, mais integrantes do departamento médico e administração).

O município deve brigar pelas primeiras posições no basquete, bocha, damas, futsal, handebol, malha, vôlei de quadra e de praia, xadrez e tênis de mesa, algumas das modalidades que garantiram o título no ano anterior.

São Bernardo ainda ostenta o status de favorita por ter vencido os Jogos Abertos do Interior, disputado em Mogi das Cruzes, em novembro.

"Estamos com 43 equipes, uma delegação grande. Os adversários estão muito bem preparados, mais do que no ano passado. Nossa meta é ficar entre os três primeiros", destacou o secretário de Esportes e Lazer da cidade, Eduardo Tadeu Costa.

Além de participar das competições, São Bernardo emprestará algumas instalações à cidade-sede (Santo André). A piscina da Associação dos Funcionários Públicos receberá disputas de biribol e o Baetão contará com partidas de futebol.


Santo André aposta no fator casa para assegurar título

Anfitriã da 56ª edição dos Jogos Regionais, Santo André contará com 386 atletas na busca do título, que será disputado em casa pela segunda vez consecutiva. A cidade é cotada como favorita em modalidades como handebol e basquete feminino, além do judô.

O município havia sido rebaixado para a Segunda Divisão do torneio em 2010. Como aceitou a função de recepcionar a competição do ano passado conseguiu se manter na Primeira Divisão.

Em 2011, o município alcançou o quarto lugar, atrás de São Bernardo, Santos e São Caetano. Entre os principais resultados do ano anterior estão o título da equipe feminina de tênis de campo, o quarto lugar no caratê masculino e a mesma posição para a natação feminina.

A Prefeitura de Santo André informou que investiu R$ 33 mil para sediar os Jogos Regionais. A Secrataria do Estado de Esporte, Lazer e Juventude arcou com R$ 330 mil.


Ribeirão Pires prevê queda após enviar time reduzido

Ribeirão Pires mal sentiu o gosto do acesso para a Primeira Divisão dos Jogos Regionais e já deve dar adeus à categoria. Isso porque a cidade contará com cerca de 30 atletas, divididos nas modalidades de malha, tênis de mesa e xadrez masculino.

Segundo o secretário de Esportes do município, Guto Volpi, a cidade previa garantir classificação neste ano, e não em 2011.

"A gente sabe que vai cair, é decisão consciente. A Primeira Divisão é muito disputada e preferimos remanejar nossas equipes agora", afirmou Volpi.

De acordo com o secretário, a cidade investe na categoria de base das outras modalidades. Segundo ele, as equipes estão envolvidas em outras disputas e abrirão mão dos Regionais. "Pretendemos organizar a delegação e voltar com força em 2013", afirmou.


Rio Grande da Serra e Mauá somam 287 participantes

Mauá disputará a Segunda Divisão dos Jogos Regionais. A cidade contará com 252 atletas divididos em 17 modalidades: atletismo, basquete, bocha, capoeira, ciclismo, damas, futebol, futsal, ginástica rítmica, judô, caratê, malha, natação, taekwondo, tênis de mesa, vôlei e xadrez.

Rio Grande da Serra, também na Segundona, terá 35 representante nas modalidades de futebol e futsal.

Diadema disputa Segundona em 18 modalidades

Diadema entra na disputa da Segunda Divisão dos Jogos Regionais com 300 participantes, entre atletas e comissão técnica.

A cidade terá representantes em 18 modalidades, entre elas o atletismo, basquete, capoeira, damas, futebol masculino, handebol, judô masculino, taekwondo, vôlei feminino de quadra e de praia.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

São Caetano e Santos
visam Jogos Abertos

Cidades precisam vencer Jogos Regionais para garantir vaga
na competição; na pior hipótese precisam garantir o 2º lugar

Lígia Valezi
Especial para o Diário

04/07/2012 | 07:00


São Caetano, Santos e mais 28 cidades da região metropolitana de São Paulo e Baixada Santista entram na disputa do título dos Jogos Regionais, que começam hoje em Santo André. Os dois municípios, de modo especial, protagonizam o duelo pela conquista da Primeira Divisão. A vitória na competição garante classificação aos tradicionais Jogos Abertos do Interior, em novembro, na cidade de Bauru.

O município do Grande ABC pode ficar de fora da competição pela primeira vez na história - a Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude do Estado não disponibilizou informações sobre o histórico das delegações.

No período entre 1997 e 2011, São Caetano foi campeã 13 vezes (vice em 2003, e no passado acabou em sexto lugar). A cidade litorânea também tem tradição na competição e contabiliza 25 títulos, o último em 2003. É a grande vencedora até hoje.

Para disputar o torneio em novembro, as cidades precisam ganhar os Jogos Regionais de Santo André. Na pior das hipóteses, precisam garantir o segundo lugar caso São Bernardo fature o bicampeonato. Isso porque a cidade do prefeito Luiz Marinho (PT) já está classificada à competição do Interior, graças à campanha do ano passado, quando foi campeã.

O secretário de Esportes de São Caetano Marcos Siarvi avaliou que a disputa pelo título será acirrada ao lado de Santos e São Bernardo. "As três cidades estão no mesmo nível técnico. Nossa delegação tem de estar sempre à frente de Santos, nosso maior adversário. Até o último dia estaremos com a calculadora fazendo as projeções", explicou.

Ao todo, 14 cidades disputarão o título da Primeira Divisão dos Jogos Abertos do Interior, em novembro: a cidade sede, no caso Bauru, o campeão de cada um dos Jogos Regionais (além do disputado em Santo André, há mais sete em todo o Estado), os três times com melhor desempenho na competição do ano anterior (neste caso São Bernardo, São José dos Campos e Piracicaba), mais o campeão e vice da Segunda Divisão dos Abertos de 2011 (Guarulhos e Santana de Parnaíba).

Até o dia 14, São Caetano e Santos viverão cada disputa dos Regionais como decisão.


São-caetanenses apostam em olímpicos

São Caetano contará com rostos famosos em meio aos atletas que representarão a cidade na 56ª edição dos Jogos Regionais. O ginasta Arthur Zanetti e os mesa-tenistas Gustavo Tsuboi, Cazuo Matsumoto e Caroline Kumahara, todos confirmados para a Olimpíada de Londres, no fim do mês, também disputarão a competição regional.

Ao lado de São Bernardo e Santos, a cidade é cotada como favorita para levar o título deste ano. São Caetano terá representantes em todas as modalidades esportivas. O município enviará delegação com 550 membros, entre atletas e comissão técnica.

O secretário de Esportes de São Caetano Marcos Siarvi afirmou que grande parte das modalidades coletivas, como o basquete feminino e masculino, contarão com equipes de até 21 anos.

"Temos como favoritos o atletismo, basquete, futsal masculino, ginástica, natação, caratê e vôlei. Uma modalidade sempre imprevisível de saber o campeão é o futebol masculino", avaliou Siarvi.

No ano passado, a cidade foi a terceira colocada, atrás de São Bernardo e Santos.


Campeã olímpica do vôlei de praia acende pira em cerimônia

Pela segunda vez consecutiva e a terceira na história, Santo André receberá a 56ª edição dos Jogos Regionais (sediou o evento em 2009 e 2011). A cerimônia de abertura acontece hoje, a partir das 19h, no Ginásio Pedro Dell'Antonia, na Vila Pires, com entrada gratuita.

A medalhista olímpica, mundial e pan-americana de vôlei de praia Adriana Behar acenderá a pira olímpica, ato simbólico que marca o início da competição. A atleta, natural do Rio de Janeiro, nunca jogou pela região.

Segundo a prefeitura, seis mil atletas chegaram ontem ao Grande ABC para disputar as 22 modalidades disponíveis. As novidades deste ano são as categorias de mountain bike, em Paranapiacaba, e de BMX, espécie de ciclismo disputado em pistas de terra.

As competições começam apenas amanhã com as disputas de vôlei, handebol, futebol, malha, tênis, BMX e capoeira.

No total, 30 cidades ficarão alojadas em 26 escolas públicas estaduais de Santo André até o dia 14.


Entre favoritas, São Bernardo busca o bicampeonato

São Bernardo busca em 2012 o segundo título consecutivo pela Primeira Divisão dos Jogos Regionais. Para a campanha deste ano, a cidade contará com 620 representantes (486 atletas, 93 membros da comissão técnica, mais integrantes do departamento médico e administração).

O município deve brigar pelas primeiras posições no basquete, bocha, damas, futsal, handebol, malha, vôlei de quadra e de praia, xadrez e tênis de mesa, algumas das modalidades que garantiram o título no ano anterior.

São Bernardo ainda ostenta o status de favorita por ter vencido os Jogos Abertos do Interior, disputado em Mogi das Cruzes, em novembro.

"Estamos com 43 equipes, uma delegação grande. Os adversários estão muito bem preparados, mais do que no ano passado. Nossa meta é ficar entre os três primeiros", destacou o secretário de Esportes e Lazer da cidade, Eduardo Tadeu Costa.

Além de participar das competições, São Bernardo emprestará algumas instalações à cidade-sede (Santo André). A piscina da Associação dos Funcionários Públicos receberá disputas de biribol e o Baetão contará com partidas de futebol.


Santo André aposta no fator casa para assegurar título

Anfitriã da 56ª edição dos Jogos Regionais, Santo André contará com 386 atletas na busca do título, que será disputado em casa pela segunda vez consecutiva. A cidade é cotada como favorita em modalidades como handebol e basquete feminino, além do judô.

O município havia sido rebaixado para a Segunda Divisão do torneio em 2010. Como aceitou a função de recepcionar a competição do ano passado conseguiu se manter na Primeira Divisão.

Em 2011, o município alcançou o quarto lugar, atrás de São Bernardo, Santos e São Caetano. Entre os principais resultados do ano anterior estão o título da equipe feminina de tênis de campo, o quarto lugar no caratê masculino e a mesma posição para a natação feminina.

A Prefeitura de Santo André informou que investiu R$ 33 mil para sediar os Jogos Regionais. A Secrataria do Estado de Esporte, Lazer e Juventude arcou com R$ 330 mil.


Ribeirão Pires prevê queda após enviar time reduzido

Ribeirão Pires mal sentiu o gosto do acesso para a Primeira Divisão dos Jogos Regionais e já deve dar adeus à categoria. Isso porque a cidade contará com cerca de 30 atletas, divididos nas modalidades de malha, tênis de mesa e xadrez masculino.

Segundo o secretário de Esportes do município, Guto Volpi, a cidade previa garantir classificação neste ano, e não em 2011.

"A gente sabe que vai cair, é decisão consciente. A Primeira Divisão é muito disputada e preferimos remanejar nossas equipes agora", afirmou Volpi.

De acordo com o secretário, a cidade investe na categoria de base das outras modalidades. Segundo ele, as equipes estão envolvidas em outras disputas e abrirão mão dos Regionais. "Pretendemos organizar a delegação e voltar com força em 2013", afirmou.


Rio Grande da Serra e Mauá somam 287 participantes

Mauá disputará a Segunda Divisão dos Jogos Regionais. A cidade contará com 252 atletas divididos em 17 modalidades: atletismo, basquete, bocha, capoeira, ciclismo, damas, futebol, futsal, ginástica rítmica, judô, caratê, malha, natação, taekwondo, tênis de mesa, vôlei e xadrez.

Rio Grande da Serra, também na Segundona, terá 35 representante nas modalidades de futebol e futsal.

Diadema disputa Segundona em 18 modalidades

Diadema entra na disputa da Segunda Divisão dos Jogos Regionais com 300 participantes, entre atletas e comissão técnica.

A cidade terá representantes em 18 modalidades, entre elas o atletismo, basquete, capoeira, damas, futebol masculino, handebol, judô masculino, taekwondo, vôlei feminino de quadra e de praia.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;