Fechar
Publicidade

Domingo, 26 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Maiores exportadores agrícolas do mundo discutem comércio


Do Diário OnLine
Com Agências

13/06/2004 | 22:04


Os maiores exportadores agrícolas do mundo, Brasil, Índia, Austrália, Estados Unidos e União Européia, discutiram neste domingo o aumento do comércio de alimentos durante a 11ª Unctad (Conferência das Nações Unidas para o Comércio e o Desenvolvimento). Após a reunião, o ministro brasileiro das Relações Exteriores, Celso Amorim, fez uma avaliação positiva do debate.

"Foi uma discussão útil, temos possibilidades de avançar, mas há efetivamente muito trabalho pela frente”, declarou à Agência Brasil. Segundo ele, o encontro deste domingo teve caráter "histórico".

Para a reunião, vieram ao Brasil o representante comercial dos Estados Unidos, Robert Zoellick, o ministro do Comércio da Austrália, Mark Vaile, o ministro do Comércio da Índia, Kamal Nath, e o comissário de Relações Exteriores da União Européia, Pascal Lamy. "Reunir países tão diferentes em torno de uma agenda comum é algo histórico”, afirmou Amorim.

O encontro durou quase quatro horas e, segundo o ministro brasileiro, teve uma pauta extensa. "Discutimos a questão agrícola na OMC (Organização Mundial do Comércio) e também os três pilares de exportação: apoio doméstico, acesso à mercados e subsídios à exportação. Sobre todos eles tivemos uma conversa frutífera, em que entendemos melhor as preocupações de cada parte, e concordamos que é preciso prosseguir paralelamente nos três pilares".

Amorim explicou que Brasil e Índia representaram todos os países do G-20. Ele informou que as próximas negociações devem ser feitas entre técnicos dos países envolvidos na reunião deste domingo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Maiores exportadores agrícolas do mundo discutem comércio

Do Diário OnLine
Com Agências

13/06/2004 | 22:04


Os maiores exportadores agrícolas do mundo, Brasil, Índia, Austrália, Estados Unidos e União Européia, discutiram neste domingo o aumento do comércio de alimentos durante a 11ª Unctad (Conferência das Nações Unidas para o Comércio e o Desenvolvimento). Após a reunião, o ministro brasileiro das Relações Exteriores, Celso Amorim, fez uma avaliação positiva do debate.

"Foi uma discussão útil, temos possibilidades de avançar, mas há efetivamente muito trabalho pela frente”, declarou à Agência Brasil. Segundo ele, o encontro deste domingo teve caráter "histórico".

Para a reunião, vieram ao Brasil o representante comercial dos Estados Unidos, Robert Zoellick, o ministro do Comércio da Austrália, Mark Vaile, o ministro do Comércio da Índia, Kamal Nath, e o comissário de Relações Exteriores da União Européia, Pascal Lamy. "Reunir países tão diferentes em torno de uma agenda comum é algo histórico”, afirmou Amorim.

O encontro durou quase quatro horas e, segundo o ministro brasileiro, teve uma pauta extensa. "Discutimos a questão agrícola na OMC (Organização Mundial do Comércio) e também os três pilares de exportação: apoio doméstico, acesso à mercados e subsídios à exportação. Sobre todos eles tivemos uma conversa frutífera, em que entendemos melhor as preocupações de cada parte, e concordamos que é preciso prosseguir paralelamente nos três pilares".

Amorim explicou que Brasil e Índia representaram todos os países do G-20. Ele informou que as próximas negociações devem ser feitas entre técnicos dos países envolvidos na reunião deste domingo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;