Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Lula é o 3º mais rico da eleição


Juliana de Sordi Gattone e Roney Domingos
Do Diário do Grande ABC

06/07/2006 | 08:11


Candidato à reeleição, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva é o terceiro mais rico entre cinco dos sete concorrentes ao Palácio do Planalto que apresentaram declaração de bens quarta-feira ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Lula tem patrimônio de R$ 839 mil, seguido pelo democrata-cristão José Maria Eymael (R$ 985,8 mil); pelo senador e ex-petista Cristovam Buarque, do PDT (R$ 769 mil); por Geraldo Alckmin, do PSDB (R$ 691,6 mil); Heloisa Helena (R$ 121,1 mil), do Psol; e Ruy Costa Pimenta, do PCO (R$ 100 mil). O maior patrimônio é do candidato do PSL, Luciano Bivar – que, apesar de desconhecido no meio político, acumula R$ 8,7 milhões.

O patrimônio do presidente Lula cresceu 98% entre 2002 e 2006, de R$ 422.994,58 para R$ 839.033,52. O maior crescimento ocorreu nas aplicações financeiras, que cresceram 306% – de R$ 117.670,58 para R$ 478.059,40. A coleção de investimentos evoluiu de duas cadernetas de poupança e uma aplicação financeira para dez tipos de investimento, incluindo novidades como fundos de ações da Petrobras (R$ 1.866,39), Vale do Rio Doce (497,97) e Banco do Brasil (R$ 1.108,87). Os maiores recursos estão aplicados no FIX Especial Plus do Banco do Brasil (R$ 156.146,83) e no FIF Plus DI do Bradesco (R$ 111.055,40), além de um Fundo de Investimento Bradesco (63.304,16).

Lula manteve os quatro imóveis em São Bernardo, avaliados em R$ 271.278.74 – o mesmo valor de 2002. Estão descritos na declaração de bens o apartamento da avenida Prestes Maia (R$ 189,1 mil), dois no Edifício Kentucky R$ 38,3 mil cada) e o terreno do Riacho Grande (R$ 5.466,90). O presidente acrescentou na declaração de 2006 a participação em uma cooperativa habitacional no Guarujá, no valor de R$ 47.695,38. A Blazer 98/99, avaliada em R$ 34 mil em 2002, teve valorização de 23,5% para R$ 42 mil.

Em nota, o PT esclarece que a evolução dos bens do presidente deve-se a aplicações de parte do salário (R$ 8.885,48) e da aposentadoria. Se somar os quatro anos de salário do presidente, ou 48 meses, Lula acumularia R$ 426.455,04, valor superior aos R$ 417 mil a mais na declaração de bens deste ano.

A declaração de Geraldo Alckmin (PSDB) revela que o tucano ficou 24,7% mais rico nos últimos quatro anos. Em 2002, quando disputou a reeleição para governador, ele declarou R$ 554.458,47, valor que subiu para R$ 691.609,99. O tucano declarou 20 garrotes, por R$ 10 mil; um apartamento na rua Pedro Gomes, em São Paulo, por R$ 323.806,02; uma casa em Pindamonhangaba (SP), de R$ 52.822,98; aplicação de R$ 93.835,65 no Fundo DI Classic, do Banespa; duas chácaras e um prédio comercial em Pindamonhangaba, que valem R$ 168 mil; e um automóvel Paraty 1999, além de parte de um terreno herdado do pai.

Se o governador tivesse recebido todos os 48 salários (no valor de R$ 12.720,00) – Alckmin se desincompatibilizou do cargo em abril – ele acumularia mais R$ 610.560,00, o que levaria o tucano a ter patrimônio de cerca de R$ 1,1 milhão.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Lula é o 3º mais rico da eleição

Juliana de Sordi Gattone e Roney Domingos
Do Diário do Grande ABC

06/07/2006 | 08:11


Candidato à reeleição, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva é o terceiro mais rico entre cinco dos sete concorrentes ao Palácio do Planalto que apresentaram declaração de bens quarta-feira ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Lula tem patrimônio de R$ 839 mil, seguido pelo democrata-cristão José Maria Eymael (R$ 985,8 mil); pelo senador e ex-petista Cristovam Buarque, do PDT (R$ 769 mil); por Geraldo Alckmin, do PSDB (R$ 691,6 mil); Heloisa Helena (R$ 121,1 mil), do Psol; e Ruy Costa Pimenta, do PCO (R$ 100 mil). O maior patrimônio é do candidato do PSL, Luciano Bivar – que, apesar de desconhecido no meio político, acumula R$ 8,7 milhões.

O patrimônio do presidente Lula cresceu 98% entre 2002 e 2006, de R$ 422.994,58 para R$ 839.033,52. O maior crescimento ocorreu nas aplicações financeiras, que cresceram 306% – de R$ 117.670,58 para R$ 478.059,40. A coleção de investimentos evoluiu de duas cadernetas de poupança e uma aplicação financeira para dez tipos de investimento, incluindo novidades como fundos de ações da Petrobras (R$ 1.866,39), Vale do Rio Doce (497,97) e Banco do Brasil (R$ 1.108,87). Os maiores recursos estão aplicados no FIX Especial Plus do Banco do Brasil (R$ 156.146,83) e no FIF Plus DI do Bradesco (R$ 111.055,40), além de um Fundo de Investimento Bradesco (63.304,16).

Lula manteve os quatro imóveis em São Bernardo, avaliados em R$ 271.278.74 – o mesmo valor de 2002. Estão descritos na declaração de bens o apartamento da avenida Prestes Maia (R$ 189,1 mil), dois no Edifício Kentucky R$ 38,3 mil cada) e o terreno do Riacho Grande (R$ 5.466,90). O presidente acrescentou na declaração de 2006 a participação em uma cooperativa habitacional no Guarujá, no valor de R$ 47.695,38. A Blazer 98/99, avaliada em R$ 34 mil em 2002, teve valorização de 23,5% para R$ 42 mil.

Em nota, o PT esclarece que a evolução dos bens do presidente deve-se a aplicações de parte do salário (R$ 8.885,48) e da aposentadoria. Se somar os quatro anos de salário do presidente, ou 48 meses, Lula acumularia R$ 426.455,04, valor superior aos R$ 417 mil a mais na declaração de bens deste ano.

A declaração de Geraldo Alckmin (PSDB) revela que o tucano ficou 24,7% mais rico nos últimos quatro anos. Em 2002, quando disputou a reeleição para governador, ele declarou R$ 554.458,47, valor que subiu para R$ 691.609,99. O tucano declarou 20 garrotes, por R$ 10 mil; um apartamento na rua Pedro Gomes, em São Paulo, por R$ 323.806,02; uma casa em Pindamonhangaba (SP), de R$ 52.822,98; aplicação de R$ 93.835,65 no Fundo DI Classic, do Banespa; duas chácaras e um prédio comercial em Pindamonhangaba, que valem R$ 168 mil; e um automóvel Paraty 1999, além de parte de um terreno herdado do pai.

Se o governador tivesse recebido todos os 48 salários (no valor de R$ 12.720,00) – Alckmin se desincompatibilizou do cargo em abril – ele acumularia mais R$ 610.560,00, o que levaria o tucano a ter patrimônio de cerca de R$ 1,1 milhão.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;