Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 18 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Homem que chantageava a Nestlé é condenado a 8 anos de prisao


Do Diário do Grande ABC

11/07/2000 | 12:24


Um homem de 49 anos foi condenado esta terça-feira pelo tribunal de Frankfurt (Oeste da Alemanha) a oito anos de prisao, por ter chantageado durante um ano o grupo suíço do setor alimentos Nestlé, cujos produtos ele ameaçava envenenar. Sua mulher, de 39 anos, foi condenada a quatro anos e nove meses de prisao.  Entre 1998 e 1999, o casal enviou 200 cartas de ameaça à Nestlé, em que pedia 8,4 milhoes de marcos (4,2 milhoes de dólares).

Durante este período, os acusados introduziram produtos químicos, entre eles inseticidas, em alimentos da Nestlé vendidos em supermercados alemaes, em doses que nao punham em perigo a saúde dos consumidores. O casal foi preso em dezembro passado.  Os casos de chantagem com envenenamento sao comuns na Alemanha, sendo a Nestlé um dos alvos preferidos dos chantagistas.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Homem que chantageava a Nestlé é condenado a 8 anos de prisao

Do Diário do Grande ABC

11/07/2000 | 12:24


Um homem de 49 anos foi condenado esta terça-feira pelo tribunal de Frankfurt (Oeste da Alemanha) a oito anos de prisao, por ter chantageado durante um ano o grupo suíço do setor alimentos Nestlé, cujos produtos ele ameaçava envenenar. Sua mulher, de 39 anos, foi condenada a quatro anos e nove meses de prisao.  Entre 1998 e 1999, o casal enviou 200 cartas de ameaça à Nestlé, em que pedia 8,4 milhoes de marcos (4,2 milhoes de dólares).

Durante este período, os acusados introduziram produtos químicos, entre eles inseticidas, em alimentos da Nestlé vendidos em supermercados alemaes, em doses que nao punham em perigo a saúde dos consumidores. O casal foi preso em dezembro passado.  Os casos de chantagem com envenenamento sao comuns na Alemanha, sendo a Nestlé um dos alvos preferidos dos chantagistas.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;