Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 24 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Uma noite para tirar o atraso


Ângela Corrêa
Do Diário do Grande ABC

19/10/2007 | 07:08


Até Martin Scorsese tem o seu exemplar que explora as desventuras de um sujeito atrapalhado na madrugada (Depois de Horas, 1985), mas é em filmes adolescentes como a estréia Super Bad – É Hoje que o roteiro ambientado em uma única e humilhante noite atinge seu auge.

O filme é uma produção do ator Seth Rogen e do diretor Judd Apatow, que trabalharam juntos em O Virgem de 40 Anos e Ligeiramente Grávidos. O roteiro é de Rogen e do amigo Evan Goldberg, com quem trabalhou no programa D Ali G Show, de Sasha Baron Cohen, o Borat.

Os protagonistas dessas horas miseráveis levam os nomes dos roteiristas, Seth (Johan Hill) e Evan (Michael Cera). São amigos inseparáveis e estão malucos para finalmente ter algum tipo de vida social antes de cada um ir para uma faculdade diferente.

A sorte parece ter sorrido à dupla quando duas garotas do colégio dão atenção para eles. Becca (Martha MacIsaac) não se incomoda quando o desengonçado Evan seca seus seios, e Jules (Emma Stone é capaz até de formar par com o gordinho Seth durante a aula de culinária sem ridicularizá-lo.

Quando os pais de Jules vão viajar, ela organiza uma festa e confia a compra das bebidas a Seth, que alardeou que tinha uma carteira de identidade falsa. O amigo também prometeu comprar uma garrafa de vodca para o alvo de sua paixão. Mas a verdade é que eles não têm como arranjar a identidade falsa até o fim da noite.

Para conseguir se dar bem, eles recrutam Foggel (Christopher Mintz-Plasse), um típico amigo nerd (ou geek, como queira) que, graças ao mundo das falsificações, tem um alter ego chamado McLovin, de 25 anos.

A tramóia vai até bem, já que a atendente do mercadinho não parece se importar com a pouca idade do garoto. Mas o mercadinho é assaltado e dois policiais amalucados (Seth Rogen e Bill Hader) surgem para atender a ocorrência e demoram a liberar Foggel com a sagrada sacola de bebidas.

Seth e Evan tem então de se virar para melhorar suas reputações e ao mesmo tempo salvar a festa repleta de adolescentes ávidos por bebida. E para isso vão invadir festas, correr de mendigos e até da polícia. Tudo muito escatológico, bem ao gosto das comédias adolescentes. De Porky’s a American Pie e Uma Madrugada Muito Louca, mas com humor um pouco mais bem amarrado.

NOSTALGIA

A comédia não esconde as referências das comédias décadas passadas. As roupas de festa dos amigos não seriam usadas nem em baile do ridículo. No figurino, destaque para a camiseta com estampa do finado humorista Richard Pryor.

No elenco jovem e desconhecido, destaque para Jonah Hill. O repertório de besteiras ditas pelo seu personagem fica totalmente crível e, o melhor, incrivelmente engraçado, por mais que doa o lado politicamente correto.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Uma noite para tirar o atraso

Ângela Corrêa
Do Diário do Grande ABC

19/10/2007 | 07:08


Até Martin Scorsese tem o seu exemplar que explora as desventuras de um sujeito atrapalhado na madrugada (Depois de Horas, 1985), mas é em filmes adolescentes como a estréia Super Bad – É Hoje que o roteiro ambientado em uma única e humilhante noite atinge seu auge.

O filme é uma produção do ator Seth Rogen e do diretor Judd Apatow, que trabalharam juntos em O Virgem de 40 Anos e Ligeiramente Grávidos. O roteiro é de Rogen e do amigo Evan Goldberg, com quem trabalhou no programa D Ali G Show, de Sasha Baron Cohen, o Borat.

Os protagonistas dessas horas miseráveis levam os nomes dos roteiristas, Seth (Johan Hill) e Evan (Michael Cera). São amigos inseparáveis e estão malucos para finalmente ter algum tipo de vida social antes de cada um ir para uma faculdade diferente.

A sorte parece ter sorrido à dupla quando duas garotas do colégio dão atenção para eles. Becca (Martha MacIsaac) não se incomoda quando o desengonçado Evan seca seus seios, e Jules (Emma Stone é capaz até de formar par com o gordinho Seth durante a aula de culinária sem ridicularizá-lo.

Quando os pais de Jules vão viajar, ela organiza uma festa e confia a compra das bebidas a Seth, que alardeou que tinha uma carteira de identidade falsa. O amigo também prometeu comprar uma garrafa de vodca para o alvo de sua paixão. Mas a verdade é que eles não têm como arranjar a identidade falsa até o fim da noite.

Para conseguir se dar bem, eles recrutam Foggel (Christopher Mintz-Plasse), um típico amigo nerd (ou geek, como queira) que, graças ao mundo das falsificações, tem um alter ego chamado McLovin, de 25 anos.

A tramóia vai até bem, já que a atendente do mercadinho não parece se importar com a pouca idade do garoto. Mas o mercadinho é assaltado e dois policiais amalucados (Seth Rogen e Bill Hader) surgem para atender a ocorrência e demoram a liberar Foggel com a sagrada sacola de bebidas.

Seth e Evan tem então de se virar para melhorar suas reputações e ao mesmo tempo salvar a festa repleta de adolescentes ávidos por bebida. E para isso vão invadir festas, correr de mendigos e até da polícia. Tudo muito escatológico, bem ao gosto das comédias adolescentes. De Porky’s a American Pie e Uma Madrugada Muito Louca, mas com humor um pouco mais bem amarrado.

NOSTALGIA

A comédia não esconde as referências das comédias décadas passadas. As roupas de festa dos amigos não seriam usadas nem em baile do ridículo. No figurino, destaque para a camiseta com estampa do finado humorista Richard Pryor.

No elenco jovem e desconhecido, destaque para Jonah Hill. O repertório de besteiras ditas pelo seu personagem fica totalmente crível e, o melhor, incrivelmente engraçado, por mais que doa o lado politicamente correto.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;