Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 13 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Secretaria investiga mortes de policiais assassinados em SP


Do Diário OnLine
Com Agência Brasil

10/07/2006 | 19:00


A SSP (Secretaria de Segurança Pública) confirmou nesta segunda-feira que está investigando a morte de quatro policiais que foram mortos no último sábado em São Paulo. Três foram assassinados a tiros na capital e outro em Guaratinguetá, interior do Estado.

Segundo a Secretaria, duas aparentam ser crimes comum e por isso não teriam ligação com os ataques promovidos pela facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital).

Os policiais mortos neste fim de semana foram José Tibiriçá da Silva, da Polícia Militar, morto dentro de um bar; o sargento aposentado Roberto Alves da Silva, morto dentro de uma drogaria, o investigador Onofre Moreira de Lima, que morreu após um assalto a um bingo, e o carcereiro Edgar Roberto Zaccariotto, que morreu ao reagir a um assalto dentro de um estabelecimento comercial em Guaratinguetá.

Agentes - Na sexta-feira, foi morto o agente de segurança da Penitenciária II de Guarulhos, Paulo Gilberto de Araújo. Esta foi a quinta morte de um agente registrada desde o dia 28 de junho na Grande São Paulo.

Neste fim de semana houve paralisação em protesto contra a falta de segurança pelas mortes dos funcionários de 19 das 144 unidades prisionais do estado, informou a Secretaria da Administração Penitenciária.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Secretaria investiga mortes de policiais assassinados em SP

Do Diário OnLine
Com Agência Brasil

10/07/2006 | 19:00


A SSP (Secretaria de Segurança Pública) confirmou nesta segunda-feira que está investigando a morte de quatro policiais que foram mortos no último sábado em São Paulo. Três foram assassinados a tiros na capital e outro em Guaratinguetá, interior do Estado.

Segundo a Secretaria, duas aparentam ser crimes comum e por isso não teriam ligação com os ataques promovidos pela facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital).

Os policiais mortos neste fim de semana foram José Tibiriçá da Silva, da Polícia Militar, morto dentro de um bar; o sargento aposentado Roberto Alves da Silva, morto dentro de uma drogaria, o investigador Onofre Moreira de Lima, que morreu após um assalto a um bingo, e o carcereiro Edgar Roberto Zaccariotto, que morreu ao reagir a um assalto dentro de um estabelecimento comercial em Guaratinguetá.

Agentes - Na sexta-feira, foi morto o agente de segurança da Penitenciária II de Guarulhos, Paulo Gilberto de Araújo. Esta foi a quinta morte de um agente registrada desde o dia 28 de junho na Grande São Paulo.

Neste fim de semana houve paralisação em protesto contra a falta de segurança pelas mortes dos funcionários de 19 das 144 unidades prisionais do estado, informou a Secretaria da Administração Penitenciária.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;