Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 13 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Paquistão proíbe transmissão de dois canais de TV via satélite


Da AFP

17/11/2007 | 15:14


Dois canais de televisão, transmitidos a partir de Dubai, foram proibidos de funcionar no Paquistão, por pressões do regime do presidente Pervez Musharraf, anunciaram seus dirigentes neste sábado.

Geo e ARYone já haviam sido banidos no dia 3 de novembro da rede nacional de televisão a cabo, pelo decreto estabelecendo o estado de exceção, mas poderiam transmitir via satélite e pela internet até sexta-feira.

"Pediram para que interrompêssemos nossas transmissões à meia-noite de sexta-feira", informou Kamran Khan, um dos funcionários do Geo que transmite um talk-show muito popular. Segundo Hamid Mir, um dos redatores-chefe da rede, a proibição acontece antes das eleições para que a verdade seja dissimulada.

As redes americana CNN e britânica BBC, assim como dois canais paquistaneses que haviam sido proibidos de transmitir, logo em seguida à proclamação do estado de emergência, foram novamente autorizados a emitir no Paquistão, na quinta-feira.

O estado de exceção impõe igualmente restrições draconianas à imprensa: é proibido publicar ou divulgar informações "difamatórias" envolvendo o nome do presidente, do governo e do exército, precisa o decreto, sem definir o que abrange a difamação.

O governo também proibiu a venda de antenas para a captação das transmissões via satélite e decodificadores no início da semana, submetendo sua compra a uma autorização prévia.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Paquistão proíbe transmissão de dois canais de TV via satélite

Da AFP

17/11/2007 | 15:14


Dois canais de televisão, transmitidos a partir de Dubai, foram proibidos de funcionar no Paquistão, por pressões do regime do presidente Pervez Musharraf, anunciaram seus dirigentes neste sábado.

Geo e ARYone já haviam sido banidos no dia 3 de novembro da rede nacional de televisão a cabo, pelo decreto estabelecendo o estado de exceção, mas poderiam transmitir via satélite e pela internet até sexta-feira.

"Pediram para que interrompêssemos nossas transmissões à meia-noite de sexta-feira", informou Kamran Khan, um dos funcionários do Geo que transmite um talk-show muito popular. Segundo Hamid Mir, um dos redatores-chefe da rede, a proibição acontece antes das eleições para que a verdade seja dissimulada.

As redes americana CNN e britânica BBC, assim como dois canais paquistaneses que haviam sido proibidos de transmitir, logo em seguida à proclamação do estado de emergência, foram novamente autorizados a emitir no Paquistão, na quinta-feira.

O estado de exceção impõe igualmente restrições draconianas à imprensa: é proibido publicar ou divulgar informações "difamatórias" envolvendo o nome do presidente, do governo e do exército, precisa o decreto, sem definir o que abrange a difamação.

O governo também proibiu a venda de antenas para a captação das transmissões via satélite e decodificadores no início da semana, submetendo sua compra a uma autorização prévia.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;