Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 12 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

PMDB vai participar da coordenação da campanha de Lula


Do Diário OnLine
Com agências

10/07/2006 | 23:50


Durante jantar com lideranças do PMDB e do PT na Granja do Torto, em Brasília, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva convidou os peemedebistas a participar da coordenação política da campanha à reeleição. Os nomes indicados para atuar na coordenação da campanha petista serão anunciados a partir desta terça.

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e o senador José Sarney (PMDB-AP) estavam presentes no jantar. Eles são os dois principais nomes no partido que defendem o apoio à reeleição. 

O líder do PMDB no Senado, Ney Suassuna (PB), afirmou que 19 diretórios estaduais de seu partido decidiram apoiar formalmente Lula. Em outros oito estados, o petista será apoiado por mebros dissidentes. Entre os diretórios que não ofereceram apoio unânime estão os de Santa Catarina, Paraná, Acre, São Paulo e Rio Grande do Sul.

A ala governista do PMDB deve divulgar um documento em favor da reeleição do presidente depois do lançamento oficial da campanha de Lula, que será nesta quinta-feira em São Bernardo.

Quércia — O candidato do PMDB ao governo de São Paulo, Orestes Quércia, deve se manter neutro no primeiro turno, sem apoiar o candidato do PT ou do PSDB à Presidência da República

A cúpula do PMDB de São Paulo (o maior colégio eleitoral do País) também deve liberar a base para essa escolha.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

PMDB vai participar da coordenação da campanha de Lula

Do Diário OnLine
Com agências

10/07/2006 | 23:50


Durante jantar com lideranças do PMDB e do PT na Granja do Torto, em Brasília, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva convidou os peemedebistas a participar da coordenação política da campanha à reeleição. Os nomes indicados para atuar na coordenação da campanha petista serão anunciados a partir desta terça.

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e o senador José Sarney (PMDB-AP) estavam presentes no jantar. Eles são os dois principais nomes no partido que defendem o apoio à reeleição. 

O líder do PMDB no Senado, Ney Suassuna (PB), afirmou que 19 diretórios estaduais de seu partido decidiram apoiar formalmente Lula. Em outros oito estados, o petista será apoiado por mebros dissidentes. Entre os diretórios que não ofereceram apoio unânime estão os de Santa Catarina, Paraná, Acre, São Paulo e Rio Grande do Sul.

A ala governista do PMDB deve divulgar um documento em favor da reeleição do presidente depois do lançamento oficial da campanha de Lula, que será nesta quinta-feira em São Bernardo.

Quércia — O candidato do PMDB ao governo de São Paulo, Orestes Quércia, deve se manter neutro no primeiro turno, sem apoiar o candidato do PT ou do PSDB à Presidência da República

A cúpula do PMDB de São Paulo (o maior colégio eleitoral do País) também deve liberar a base para essa escolha.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;