Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 22 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Falso alerta de H5N1 em criação de aves é divulgado na Alemanha


Da AFP

23/02/2006 | 15:27


Não foi confirmada a presença do vírus H5N1 da gripe aviária num pato de criação na Alemanha nesta quinta-feira, segundo o ministério da Agricultura. Mas na França um primeiro caso suspeito de vírus H5N1 foi descoberto numa granja do centro-leste do país.

Pela manhã, surgiu a suspeita de que um pato de uma criação de 106 aves perto de Putbus, na ilha de Rügen, no mar Báltico, apresentava o vírus H5N1. Mas os últimos resultados das análises do Instituto de saúde veterinária Friedrich-Loeffler não confirmaram a presença desta cepa.

Todas as aves dessa criação, que não apresentavam qualquer sintoma de gripe, foram sacrificadas por precaução, na véspera.

Até agora, 110 casos de gripe aviária H5N1 foram detectados em pássaros selvagens na Alemanha, a maioria (107) na ilha de Rügen, ligada ao Estado regional de Mecklembourg-Pomerânia ocidental (nordeste).

Além disso, o vírus H5N1 propagou-se nesta quinta-feira para uma outra ilha, a de Walfisch, no oeste de Rügen, atingindo um pato selvagem. Seis novos casos de gripe aviária H5N1 foram descobertos em aves selvagens mortas em Rügen.

A ministra da Saúde, Ulla Schmidt, recomendou que os Länders - os Estados federados - reservem medicamentos antivirais para pelo menos 20% da população. Atualmente, as reservas só são suficientes para 10% dos alemães.

O Instituto alemão da saúde humana Robert Koch lembra que o risco de transmissão do vírus para o homem é baixo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Falso alerta de H5N1 em criação de aves é divulgado na Alemanha

Da AFP

23/02/2006 | 15:27


Não foi confirmada a presença do vírus H5N1 da gripe aviária num pato de criação na Alemanha nesta quinta-feira, segundo o ministério da Agricultura. Mas na França um primeiro caso suspeito de vírus H5N1 foi descoberto numa granja do centro-leste do país.

Pela manhã, surgiu a suspeita de que um pato de uma criação de 106 aves perto de Putbus, na ilha de Rügen, no mar Báltico, apresentava o vírus H5N1. Mas os últimos resultados das análises do Instituto de saúde veterinária Friedrich-Loeffler não confirmaram a presença desta cepa.

Todas as aves dessa criação, que não apresentavam qualquer sintoma de gripe, foram sacrificadas por precaução, na véspera.

Até agora, 110 casos de gripe aviária H5N1 foram detectados em pássaros selvagens na Alemanha, a maioria (107) na ilha de Rügen, ligada ao Estado regional de Mecklembourg-Pomerânia ocidental (nordeste).

Além disso, o vírus H5N1 propagou-se nesta quinta-feira para uma outra ilha, a de Walfisch, no oeste de Rügen, atingindo um pato selvagem. Seis novos casos de gripe aviária H5N1 foram descobertos em aves selvagens mortas em Rügen.

A ministra da Saúde, Ulla Schmidt, recomendou que os Länders - os Estados federados - reservem medicamentos antivirais para pelo menos 20% da população. Atualmente, as reservas só são suficientes para 10% dos alemães.

O Instituto alemão da saúde humana Robert Koch lembra que o risco de transmissão do vírus para o homem é baixo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;