Fechar
Publicidade

Domingo, 15 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Jogadores do Timão defendem permanência de Tite em 2005



04/11/2004 | 00:59


O prestígio de Tite está em alta com os jogadores do Corinthians. As especulações sobre o interesse da MSI (Media Sports Investiments) na volta de Vanderlei Luxemburgo, em 2005, gerou uma reação imediata do grupo, inclusive dos jogadores que são amigos de Luxemburgo. Fabinho, cuja contratação foi indicada por Vanderlei para o Cruzeiro em 2003 e para o Santos este ano, fez questão de dar apoio ao chefe atual. "Fica até difícil comentar, mas estou falando como amigo. Um técnico como o Tite, que tirou 30 caras do buraco, merece todo o nosso respeito e a nossa consideração", afirmou o volante.

Os outros jogadores seguiram o discurso de Fabinho. Até o menino Edson fez questão de defender o chefe. "Não se discute a capacidade do Tite. Só o que ele fez aqui no Corinthians já diz tudo". Para completar a defesa, Ânderson acrescentou. "O Tite resgatou o respeito do Corinthians. Tirou a gente do fundo do poço. Quando ele chegou, a nossa história mudou totalmente. Antes dele, até os adversários do Corinthians perderam o respeito com a gente. Vinham para cima, mesmo jogando no Pacaembu. Com o Tite, o time renasceu. E se não está brigando pelo título, pelo menos está lutando pela classificação à Libertadores".

Os jogadores também ignoram as outras especulações, especialmente em relação à vinda de Tevez, do Boca Juniors."Eu não acredito que ele venha", disse o atacante Gil, sem justificar.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Jogadores do Timão defendem permanência de Tite em 2005


04/11/2004 | 00:59


O prestígio de Tite está em alta com os jogadores do Corinthians. As especulações sobre o interesse da MSI (Media Sports Investiments) na volta de Vanderlei Luxemburgo, em 2005, gerou uma reação imediata do grupo, inclusive dos jogadores que são amigos de Luxemburgo. Fabinho, cuja contratação foi indicada por Vanderlei para o Cruzeiro em 2003 e para o Santos este ano, fez questão de dar apoio ao chefe atual. "Fica até difícil comentar, mas estou falando como amigo. Um técnico como o Tite, que tirou 30 caras do buraco, merece todo o nosso respeito e a nossa consideração", afirmou o volante.

Os outros jogadores seguiram o discurso de Fabinho. Até o menino Edson fez questão de defender o chefe. "Não se discute a capacidade do Tite. Só o que ele fez aqui no Corinthians já diz tudo". Para completar a defesa, Ânderson acrescentou. "O Tite resgatou o respeito do Corinthians. Tirou a gente do fundo do poço. Quando ele chegou, a nossa história mudou totalmente. Antes dele, até os adversários do Corinthians perderam o respeito com a gente. Vinham para cima, mesmo jogando no Pacaembu. Com o Tite, o time renasceu. E se não está brigando pelo título, pelo menos está lutando pela classificação à Libertadores".

Os jogadores também ignoram as outras especulações, especialmente em relação à vinda de Tevez, do Boca Juniors."Eu não acredito que ele venha", disse o atacante Gil, sem justificar.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;