Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 15 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Vice-ministro iraquiano da Saúde seqüestrado em Bagdá


Da AFP

19/11/2006 | 15:02


O vice-ministro iraquiano da Saúde, Amar Al-Safar, foi seqüestrado na tarde deste domingo em Bagdá por um grupo de homens armados, anunciou uma fonte dos serviços de segurança.

"Vários homens armados em quatro veículos invadiram por volta das 17h30 locais (12h30 horário de Brasília) sua casa no bairro sunita de Aadhamiya e o seqüestraram", disse esta fonte sob anonimato.

O vice-ministro é xiita, assim como seu ministro Ali Al-Chemmari, partidário do clérigo radical Moqtada al-Sadr.

O seqüestro ocorreu depois de um outro de grandes proporções cometido na terça-feira num edifício do ministério da Educação Superior em Bagdá e em meio a protestos de vários dirigentes políticos e religiosos contra a ineficácia das forças da ordem.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Vice-ministro iraquiano da Saúde seqüestrado em Bagdá

Da AFP

19/11/2006 | 15:02


O vice-ministro iraquiano da Saúde, Amar Al-Safar, foi seqüestrado na tarde deste domingo em Bagdá por um grupo de homens armados, anunciou uma fonte dos serviços de segurança.

"Vários homens armados em quatro veículos invadiram por volta das 17h30 locais (12h30 horário de Brasília) sua casa no bairro sunita de Aadhamiya e o seqüestraram", disse esta fonte sob anonimato.

O vice-ministro é xiita, assim como seu ministro Ali Al-Chemmari, partidário do clérigo radical Moqtada al-Sadr.

O seqüestro ocorreu depois de um outro de grandes proporções cometido na terça-feira num edifício do ministério da Educação Superior em Bagdá e em meio a protestos de vários dirigentes políticos e religiosos contra a ineficácia das forças da ordem.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;