Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 14 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Polícia fecha rádio pirata na Vila Bocaina e prende três


Bruno Ribeiro
Do Diário do Grande ABC

29/11/2007 | 07:22


Uma rádio pirata foi descoberta quarta-feira por policiais do SIG (Setor de Investigações Gerais) da Polícia Civil de Santo André. A rádio funcionava em uma casa da Avenida Itapark, na Vila Bocaina, em Mauá. Dois proprietários da estação clandestina foram detidos junto com um locutor que trabalhava na emissora.

A Polícia Civil informou ter recebido uma denúncia anônima sobre uma rádio pirata funcionando na Vila Independência, também em Mauá. Mas quando a equipe do SIG chegou no endereço da denúncia, descobriu que a rádio não funcionava mais. Entretanto, os investigadores descobriram naquele local pistas que os levaram à Avenida Itapark, onde funcionava a nova rádio.

Quando os policias entraram na emissora, por volta das 13h, encontraram um locutor trabalhando e os dois proprietários operando os equipamentos de transmissão. Todos foram levados à sede do SIG, na Delegacia Seccional de Santo André.

Os três homens presos negaram-se a prestar qualquer esclarecimento sobre a rádio. O SIG não sabe há quanto tempo a emissora funcionava ou se os detidos já trabalharam nesse tipo de serviço. Eles podem ser soltos a qualquer momento, desde que paguem fiança – o que não aconteceu até o fechamento desta edição.

O equipamento continuará apreendido e deverá ser encaminhado à Justiça.

Segundo um policial do SIG, o departamento iniciou um trabalho específico voltado ao combate às rádios piratas na região de Santo André e Mauá.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Polícia fecha rádio pirata na Vila Bocaina e prende três

Bruno Ribeiro
Do Diário do Grande ABC

29/11/2007 | 07:22


Uma rádio pirata foi descoberta quarta-feira por policiais do SIG (Setor de Investigações Gerais) da Polícia Civil de Santo André. A rádio funcionava em uma casa da Avenida Itapark, na Vila Bocaina, em Mauá. Dois proprietários da estação clandestina foram detidos junto com um locutor que trabalhava na emissora.

A Polícia Civil informou ter recebido uma denúncia anônima sobre uma rádio pirata funcionando na Vila Independência, também em Mauá. Mas quando a equipe do SIG chegou no endereço da denúncia, descobriu que a rádio não funcionava mais. Entretanto, os investigadores descobriram naquele local pistas que os levaram à Avenida Itapark, onde funcionava a nova rádio.

Quando os policias entraram na emissora, por volta das 13h, encontraram um locutor trabalhando e os dois proprietários operando os equipamentos de transmissão. Todos foram levados à sede do SIG, na Delegacia Seccional de Santo André.

Os três homens presos negaram-se a prestar qualquer esclarecimento sobre a rádio. O SIG não sabe há quanto tempo a emissora funcionava ou se os detidos já trabalharam nesse tipo de serviço. Eles podem ser soltos a qualquer momento, desde que paguem fiança – o que não aconteceu até o fechamento desta edição.

O equipamento continuará apreendido e deverá ser encaminhado à Justiça.

Segundo um policial do SIG, o departamento iniciou um trabalho específico voltado ao combate às rádios piratas na região de Santo André e Mauá.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;