Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 22 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Celular deve ser campeão de vendas às vésperas do Dia das Mães


Adriana Ferraz
Do Diário do Grande ABC

29/04/2006 | 08:36


Com a aproximação do Dia das Mães – comemorado no próximo dia 14 –, o comércio começa a se movimentar de olho no aumento dos lucros proporcionado pela data. E, mais uma vez, o celular deve ser campeão de demanda, como ocorreu em outras datas comemorativas. Mais uma vez, está na lista dos artigos com maior promessa de volume de vendas.

Segundo a Associação Comercial de Santo André, o faturamento do período só perde para o registrado no Natal. Mas, antes de embarcar em promoções, é preciso comparar preços e pesquisar opções de pagamento.

De acordo com a Pro Teste (Associação Brasileira de Defesa do Consumidor), a preferência popular deve ser investigada pelo consumidor. “As promoções são praticamente imperdíveis, mas é preciso prestar atenção nas condições de uso do celular. O aparelho pode ser barato, mas os planos (pós-pagos) de minutos oferecidos, às vezes, ultrapassam o orçamento familiar”, explica a coordenadora institucional, Maria Inês Dolci.

É preciso verificar, ainda, qual será a utilidade dada ao aparelho. “As mães, normalmente, não se preocupam em acessar internet ou tirar fotos por meio do celular. Gastos desse tipo podem ser desnecessários”, alerta a coordenadora. Não deixar para fazer as compras de última hora é dica comum, mas necessária. A fisioterapeuta Karina Komossa seguiu o conselho à risca. “Os preços estão altos neste ano e, por isso, comprei os presentes com antecedência”, diz.

Acerte o presente

- Ao sair de casa, tenha sempre um objetivo em mente. Não embarque em qualquer anúncio. Toda promoção deve estar devidamente explicada. Preste atenção na quantidade de produtos oferecida, nas formas de pagamento e nos prazos de entrega.

- Compras pela internet podem render problemas se os prazos de entrega não forem respeitados. Busque referências sobre o site escolhido.

- Evite presentes muito pessoais, como perfumes e lingerie (a não ser que tenha recebido um pedido explícito). Leve em conta, também, a idade da homenageada.

- Peça desconto em compras à vista. Muitas vezes, há juros embutidos no preço final da mercadoria.

- Se optar por um vale-presente, certifique-se se o mesmo      poderá ser trocado com facilidade. Tome cuidado, também, na escolha do valor, de forma que a presenteada não tenha de gastar mais do que aquilo que recebeu com eventuais diferenças de preço entre o item escolhido e o valor do vale.

- Peça sempre nota fiscal. Ao efetuar compra de roupas e sapatos, por exemplo, a nota garante a troca. Filhos nem sempre conhecem os tamanhos usados pelas mães.

- Não compre mercadoria de procedência duvidosa, sem o registro de origem. Produtos ilegais não oferecem garantia nem assistência técnica. Lembre-se de que o “barato pode sair caro”.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Celular deve ser campeão de vendas às vésperas do Dia das Mães

Adriana Ferraz
Do Diário do Grande ABC

29/04/2006 | 08:36


Com a aproximação do Dia das Mães – comemorado no próximo dia 14 –, o comércio começa a se movimentar de olho no aumento dos lucros proporcionado pela data. E, mais uma vez, o celular deve ser campeão de demanda, como ocorreu em outras datas comemorativas. Mais uma vez, está na lista dos artigos com maior promessa de volume de vendas.

Segundo a Associação Comercial de Santo André, o faturamento do período só perde para o registrado no Natal. Mas, antes de embarcar em promoções, é preciso comparar preços e pesquisar opções de pagamento.

De acordo com a Pro Teste (Associação Brasileira de Defesa do Consumidor), a preferência popular deve ser investigada pelo consumidor. “As promoções são praticamente imperdíveis, mas é preciso prestar atenção nas condições de uso do celular. O aparelho pode ser barato, mas os planos (pós-pagos) de minutos oferecidos, às vezes, ultrapassam o orçamento familiar”, explica a coordenadora institucional, Maria Inês Dolci.

É preciso verificar, ainda, qual será a utilidade dada ao aparelho. “As mães, normalmente, não se preocupam em acessar internet ou tirar fotos por meio do celular. Gastos desse tipo podem ser desnecessários”, alerta a coordenadora. Não deixar para fazer as compras de última hora é dica comum, mas necessária. A fisioterapeuta Karina Komossa seguiu o conselho à risca. “Os preços estão altos neste ano e, por isso, comprei os presentes com antecedência”, diz.

Acerte o presente

- Ao sair de casa, tenha sempre um objetivo em mente. Não embarque em qualquer anúncio. Toda promoção deve estar devidamente explicada. Preste atenção na quantidade de produtos oferecida, nas formas de pagamento e nos prazos de entrega.

- Compras pela internet podem render problemas se os prazos de entrega não forem respeitados. Busque referências sobre o site escolhido.

- Evite presentes muito pessoais, como perfumes e lingerie (a não ser que tenha recebido um pedido explícito). Leve em conta, também, a idade da homenageada.

- Peça desconto em compras à vista. Muitas vezes, há juros embutidos no preço final da mercadoria.

- Se optar por um vale-presente, certifique-se se o mesmo      poderá ser trocado com facilidade. Tome cuidado, também, na escolha do valor, de forma que a presenteada não tenha de gastar mais do que aquilo que recebeu com eventuais diferenças de preço entre o item escolhido e o valor do vale.

- Peça sempre nota fiscal. Ao efetuar compra de roupas e sapatos, por exemplo, a nota garante a troca. Filhos nem sempre conhecem os tamanhos usados pelas mães.

- Não compre mercadoria de procedência duvidosa, sem o registro de origem. Produtos ilegais não oferecem garantia nem assistência técnica. Lembre-se de que o “barato pode sair caro”.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;