Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 24 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Reconstrução do Japão custará mais de US$ 147 bi



24/06/2011 | 02:50


A reconstrução de infraestruturas, residências e outras instalações destruídas pelo terremoto e tsunami de 11 de março, na costa nordeste japonesa, custará em torno de 16,9 trilhões de ienes (cerca de ? 147,2 bilhões), informou nesta sexta-feira o governo do Japão. A cifra foi calculada nas reuniões mantidas entre os vários ministérios e nove províncias afetadas pelo desastre, e está dentro das estimativas feitas pelo Executivo japonês no final de março.

Desses ? 147,2 bilhões, calcula-se que perto de ? 90,6 bilhões sirvam para reconstruir habitações e instalações corporativas, e cerca de ? 19 bilhões serão aplicados para reconstruir infraestruturas básicas, como estradas e portos. Essas projeções quase duplicaram os ? 83,6 bilhões aplicados para reparar os danos causados pelo terremoto de 1995, em Kobe, região central do país. Porém, o cálculo não inclui os prejuízos provocados pela crise nuclear da central de Fukushima, que, se incorporados, elevarão substancialmente esse orçamento.

Em maio, o governo já havia aprovado um primeiro orçamento extra, de ? 36,3 bilhões, e espera ratificar rapidamente este segundo, após acertar o prolongamento das sessões parlamentares até 31 de agosto. As informações são da Dow Jones.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Reconstrução do Japão custará mais de US$ 147 bi


24/06/2011 | 02:50


A reconstrução de infraestruturas, residências e outras instalações destruídas pelo terremoto e tsunami de 11 de março, na costa nordeste japonesa, custará em torno de 16,9 trilhões de ienes (cerca de ? 147,2 bilhões), informou nesta sexta-feira o governo do Japão. A cifra foi calculada nas reuniões mantidas entre os vários ministérios e nove províncias afetadas pelo desastre, e está dentro das estimativas feitas pelo Executivo japonês no final de março.

Desses ? 147,2 bilhões, calcula-se que perto de ? 90,6 bilhões sirvam para reconstruir habitações e instalações corporativas, e cerca de ? 19 bilhões serão aplicados para reconstruir infraestruturas básicas, como estradas e portos. Essas projeções quase duplicaram os ? 83,6 bilhões aplicados para reparar os danos causados pelo terremoto de 1995, em Kobe, região central do país. Porém, o cálculo não inclui os prejuízos provocados pela crise nuclear da central de Fukushima, que, se incorporados, elevarão substancialmente esse orçamento.

Em maio, o governo já havia aprovado um primeiro orçamento extra, de ? 36,3 bilhões, e espera ratificar rapidamente este segundo, após acertar o prolongamento das sessões parlamentares até 31 de agosto. As informações são da Dow Jones.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;