Fechar
Publicidade

Domingo, 8 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Rap de 'responsa' em show gratuito


Everaldo Fioravante
Do Diário do Grande ABC

20/11/2004 | 11:10


O assunto deste domingo no Sesc Santo André é rap, com as apresentações independentes dos cariocas BNegão e MV Bill, a partir das 17h e com entrada franca. Dois dos nomes de maior evidência na cena hip hop brasileira da atualidade mostram respectivamente os conteúdos dos CDs Enxugando Gelo e Declaração de Guerra.

Primeiro é a vez de BNegão, que também é um dos vocalistas da banda Planet Hemp, com a qual já esteve diversas vezes no Grande ABC. Ele é acompanhado pelo grupo Os Seletores de Freqüência - Enxugando Gelo é o primeiro disco deles.

"Acabamos de chegar da segunda turnê européia do disco. Após a volta, só nos apresentamos uma vez no Rio. Agora estaremos em Santo André, neste que é nosso primeiro show na cidade. As lembranças que tenho do público daí são as melhores possíveis. Recordo de estar tocando com o Planet Hemp às 5h da manhã e o pessoal ficar para ver", diz BNegão.

O rapper falou que não preparou nada para apresentar junto com MV Bill, com quem já esteve em outros palcos. Mas segundo informações do Sesc, não está descartada a possibilidade de que eles improvisem algo na hora. "Somos camaradas das antigas", afirma BNegão.

O plano de BNegão é mostrar o que ele chama de lado B da black music: "É um rap feito de forma diferente. Tem dub, jazz, samba".

Já o "mensageiro da verdade" MV Bill, que já se apresentou no Grande ABC, mostra Declaração de Guerra, álbum de 2002 no qual trata de questões sociais por meio de letras politizadas marcadas por questionamentos e provocações.

Soldado Morto, Só Deus Pode Me Julgar, Cidadão Comum Refém, Declaração de Guerra e Só Mais um Maluco são algumas das faixas do disco.

MV Bill também contabiliza na carreira o disco CDD Mandando Fechado, de 1998, relançado um ano depois como Traficando Informação, com temas totalmente centrados na Cidade de Deus, no Rio, na comunidade do rapper, o que não ocorre no trabalho recente.

MV Bill e BNegão - Show. No Sesc Santo André - r. Tamarutaca, 302, Santo André. Tel.: 4469-1250. Domingo, às 17h. Grátis.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Rap de 'responsa' em show gratuito

Everaldo Fioravante
Do Diário do Grande ABC

20/11/2004 | 11:10


O assunto deste domingo no Sesc Santo André é rap, com as apresentações independentes dos cariocas BNegão e MV Bill, a partir das 17h e com entrada franca. Dois dos nomes de maior evidência na cena hip hop brasileira da atualidade mostram respectivamente os conteúdos dos CDs Enxugando Gelo e Declaração de Guerra.

Primeiro é a vez de BNegão, que também é um dos vocalistas da banda Planet Hemp, com a qual já esteve diversas vezes no Grande ABC. Ele é acompanhado pelo grupo Os Seletores de Freqüência - Enxugando Gelo é o primeiro disco deles.

"Acabamos de chegar da segunda turnê européia do disco. Após a volta, só nos apresentamos uma vez no Rio. Agora estaremos em Santo André, neste que é nosso primeiro show na cidade. As lembranças que tenho do público daí são as melhores possíveis. Recordo de estar tocando com o Planet Hemp às 5h da manhã e o pessoal ficar para ver", diz BNegão.

O rapper falou que não preparou nada para apresentar junto com MV Bill, com quem já esteve em outros palcos. Mas segundo informações do Sesc, não está descartada a possibilidade de que eles improvisem algo na hora. "Somos camaradas das antigas", afirma BNegão.

O plano de BNegão é mostrar o que ele chama de lado B da black music: "É um rap feito de forma diferente. Tem dub, jazz, samba".

Já o "mensageiro da verdade" MV Bill, que já se apresentou no Grande ABC, mostra Declaração de Guerra, álbum de 2002 no qual trata de questões sociais por meio de letras politizadas marcadas por questionamentos e provocações.

Soldado Morto, Só Deus Pode Me Julgar, Cidadão Comum Refém, Declaração de Guerra e Só Mais um Maluco são algumas das faixas do disco.

MV Bill também contabiliza na carreira o disco CDD Mandando Fechado, de 1998, relançado um ano depois como Traficando Informação, com temas totalmente centrados na Cidade de Deus, no Rio, na comunidade do rapper, o que não ocorre no trabalho recente.

MV Bill e BNegão - Show. No Sesc Santo André - r. Tamarutaca, 302, Santo André. Tel.: 4469-1250. Domingo, às 17h. Grátis.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;