Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Assassino de empresário de São Bernardo é preso


Rodrigo Cipriano
Do Diário do Grande ABC

19/08/2006 | 03:00


O empresário Sérgio Roberto Alves Badaró, 43 anos, ainda estava de pijama quando foi baleado no peito. Morreu no hospital. Ele tentava socorrer a mulher, acuada por um ladrão que tentava levar o carro da família. Da sacada da casa, no Jardim Lavínia, em São Bernardo, Badaró respondeu ao ladrão, que atirou. O crime ocorreu no último dia 2. Ontem, a polícia prendeu o homem acusado de ser o autor dos disparos.

Rodolfo Zamproni, 19 anos, estava em sua casa, no Jardim Detroit, periferia de São Bernardo, junto da namorada e outras três pessoas, uma delas menor de idade. Na residência, os policiais do SIG (Setor de Investigações Gerais) da delegacia seccional da cidade, que fizeram a prisão, encontraram três armas. Entre elas, uma semi-automática 380 milímetros – provavelmente a mesma pistola utilizada para matar o empresário. A confirmação ainda depende de um exame de balística.

Zamproni nega o crime. Disse que as armas pertencem à sua “coleção particular”. Quando adolescente, ele foi internado por um ano e uma semana na Febem por assaltar carros – mesmo crime que seria cometido contra a mulher do empresário morto. Além do latrocínio, ele também responderá pelos crimes de posse de arma de fogo, receptação, formação de quadrilha e corrupção de menores.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Assassino de empresário de São Bernardo é preso

Rodrigo Cipriano
Do Diário do Grande ABC

19/08/2006 | 03:00


O empresário Sérgio Roberto Alves Badaró, 43 anos, ainda estava de pijama quando foi baleado no peito. Morreu no hospital. Ele tentava socorrer a mulher, acuada por um ladrão que tentava levar o carro da família. Da sacada da casa, no Jardim Lavínia, em São Bernardo, Badaró respondeu ao ladrão, que atirou. O crime ocorreu no último dia 2. Ontem, a polícia prendeu o homem acusado de ser o autor dos disparos.

Rodolfo Zamproni, 19 anos, estava em sua casa, no Jardim Detroit, periferia de São Bernardo, junto da namorada e outras três pessoas, uma delas menor de idade. Na residência, os policiais do SIG (Setor de Investigações Gerais) da delegacia seccional da cidade, que fizeram a prisão, encontraram três armas. Entre elas, uma semi-automática 380 milímetros – provavelmente a mesma pistola utilizada para matar o empresário. A confirmação ainda depende de um exame de balística.

Zamproni nega o crime. Disse que as armas pertencem à sua “coleção particular”. Quando adolescente, ele foi internado por um ano e uma semana na Febem por assaltar carros – mesmo crime que seria cometido contra a mulher do empresário morto. Além do latrocínio, ele também responderá pelos crimes de posse de arma de fogo, receptação, formação de quadrilha e corrupção de menores.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;