Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 12 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Faixas e banners: pouca procura na região


Nicolas Tamasauskas
Do Diário do Grande ABC

19/07/2006 | 08:05


Empresas da região que produzem faixas e banners registraram pequena procura por orçamentos e serviços desde quando começou oficialmente a campanha eleitoral. Em sete empresas consultadas pelo Diário, apenas uma recebeu pedido de orçamento para material de candidatos a deputado da região de Sorocaba. O movimento, que costumava crescer mais de 30% quando começava o período eleitoral, deverá cair neste ano.

“Na maioria das vezes, o pessoal já nos procurava no início do ano e depois aguardava a convenção para oficializar o pedido do material”, disse Gilmar Mendonça, proprietário de uma empresa de São Caetano que há 15 anos produz faixas e banners em polietileno.  “Esse ano zerou. O movimento deve crescer mais para frente, mas já deu para perceber que está em decadência.”

Paulo Monari, de uma empresa de Santo André, revelou não ter recebido nenhuma consulta. “Dessa vez, está muito parado. Claro que na última eleição, em 2004, com as candidaturas a vereador, haviam mais candidatos, mas este ano vamos ter uma queda bem grande.”

Os preços de faixas e banners são calculados de acordo com o m². Em uma empresa de comunicação visual de São Bernardo, por exemplo, a peça com impressão colorida custa de R$ 15 a R$ 200. A mais cara mede quatro por seis metros. “Antes tinha os outdoors, mas, como foram limitados os tamanhos, nós esperamos que essa seja a peça com maior custo a ser solicitada”, disse o proprietário.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Faixas e banners: pouca procura na região

Nicolas Tamasauskas
Do Diário do Grande ABC

19/07/2006 | 08:05


Empresas da região que produzem faixas e banners registraram pequena procura por orçamentos e serviços desde quando começou oficialmente a campanha eleitoral. Em sete empresas consultadas pelo Diário, apenas uma recebeu pedido de orçamento para material de candidatos a deputado da região de Sorocaba. O movimento, que costumava crescer mais de 30% quando começava o período eleitoral, deverá cair neste ano.

“Na maioria das vezes, o pessoal já nos procurava no início do ano e depois aguardava a convenção para oficializar o pedido do material”, disse Gilmar Mendonça, proprietário de uma empresa de São Caetano que há 15 anos produz faixas e banners em polietileno.  “Esse ano zerou. O movimento deve crescer mais para frente, mas já deu para perceber que está em decadência.”

Paulo Monari, de uma empresa de Santo André, revelou não ter recebido nenhuma consulta. “Dessa vez, está muito parado. Claro que na última eleição, em 2004, com as candidaturas a vereador, haviam mais candidatos, mas este ano vamos ter uma queda bem grande.”

Os preços de faixas e banners são calculados de acordo com o m². Em uma empresa de comunicação visual de São Bernardo, por exemplo, a peça com impressão colorida custa de R$ 15 a R$ 200. A mais cara mede quatro por seis metros. “Antes tinha os outdoors, mas, como foram limitados os tamanhos, nós esperamos que essa seja a peça com maior custo a ser solicitada”, disse o proprietário.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;