Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 6 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Alemanha evacua 148 pessoas da Costa do Marfim


Da AFP

13/11/2004 | 14:40


A Alemanha evacuou 148 pessoas da Costa do Mafim, 35 delas cidadãs alemãs, informou neste sábado uma fonte oficial. Após uma primeira escala em Gana, um airbus da Força Aérea levou 80 pessoas entre franceses, belgas, suíços e japoneses para a Europa.

Quinze ficaram em Paris, onde o avião fez uma segunda escala, e outros 65 desembarcaram na manhã deste sábado na cidade alemã de Colônia. A Alemanha anunciou nesta semana que faria a evacuação dos seus cidadãos da Costa do Mafim, bem como de pessoas de outras nacionalidades.

No sábado passado, a Força francesa Licorne foi bombardeada por aviões marfinenses e nove soldados franceses morreram. A França respondeu destruindo quase toda a frágil aviação da Costa do Mafim, o que provocou violentos protestos da população.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Alemanha evacua 148 pessoas da Costa do Marfim

Da AFP

13/11/2004 | 14:40


A Alemanha evacuou 148 pessoas da Costa do Mafim, 35 delas cidadãs alemãs, informou neste sábado uma fonte oficial. Após uma primeira escala em Gana, um airbus da Força Aérea levou 80 pessoas entre franceses, belgas, suíços e japoneses para a Europa.

Quinze ficaram em Paris, onde o avião fez uma segunda escala, e outros 65 desembarcaram na manhã deste sábado na cidade alemã de Colônia. A Alemanha anunciou nesta semana que faria a evacuação dos seus cidadãos da Costa do Mafim, bem como de pessoas de outras nacionalidades.

No sábado passado, a Força francesa Licorne foi bombardeada por aviões marfinenses e nove soldados franceses morreram. A França respondeu destruindo quase toda a frágil aviação da Costa do Mafim, o que provocou violentos protestos da população.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;