Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Na contramão do Estado, região tem alta de homicídios

Arquivo/Agência Brasil Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Dados da SSP mostram aumento de 50% no total de vítimas; crimes como roubo e furto de veículo registraram queda


Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

28/03/2019 | 07:00


 O Grande ABC registrou, em fevereiro, aumento de 50% no número de vítimas de homicídio. Nas sete cidades, foram 18 ocorrências contra 12 no mesmo período do ano passado. O cenário regional vai na contramão do estadual e também da Capital, que registraram quedas de 10,98% e 29,41%, respectivamente (veja dados na tabela). Os números foram divulgado na manhã de ontem pela SSP (Secretaria de Segurança Pública) e integram a série de estatísticas criminais publicadas mensalmente pela pasta.

Consultor e ex-secretário nacional de Segurança Pública, José Vicente da Silva Filho avaliou que o aumento na região é preocupante, mas alertou sobre a necessidade de se analisar caso a caso. “Quando a gente fala 50% é um impacto grande. Na verdade são seis casos”, pontuou. “Claro que as autoridades precisam estar atentas, verificar as características de cada crime, antes de falarmos em uma tendência de aumento na violência”, ponderou.

Os casos de roubo de veículos no Grande ABC registraram queda. Foram 645 ocorrências em 2018 e 543 em 2019, recuo de 15,81%. Também houve redução no número de furtos de veículos: 748 este ano contra 839 no ano passado, decréscimo de 10,85%. Outros índices que apresentaram queda foram o de roubos em geral, com recuo de 14,03% (passaram de 2067 casos em 2018 para 1.777 em 2019) e furtos em geral, que caíram 17,33 (foram 1.714 ocorrências no ano passado e 1.417 este ano). Os crimes de estupros apresentaram aumento de 28,57%, passando de sete casos em 2018 para nove em 2019.

O CPAM/6 (Comando de Policiamento de Área Metropolitana Seis) atribuiu a queda nos índices às medidas de intensificação de operações como a São Paulo Mais Segura, Rodovia Mais Segura, Madrugada Segura, Força Total, Força Metropolitana Regional, Cavalo de Aço e Operações Pancadão, com ênfase para os locais em que mais se registram os delitos. “Além da diminuição dos furtos, no mês de fevereiro de 2019 foram 530 veículos recuperados, totalizando, no primeiro bimestre deste ano, 1.009 automóveis devolvidos aos seus proprietários.” A corporação não comentou o aumento no número de vítimas de homicídios.

ESTADO

O Estado de São Paulo fechou o segundo mês do ano de 2019 com queda de 20,98% nos roubos de veículos, de 4.508 em 2018 para 3.562 em 2019. Furtos de veículo também apresentaram, recuo, de 10,24%: foram 8.057 ocorrências ano passado e 7.232 neste ano.

 

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Na contramão do Estado, região tem alta de homicídios

Dados da SSP mostram aumento de 50% no total de vítimas; crimes como roubo e furto de veículo registraram queda

Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

28/03/2019 | 07:00


 O Grande ABC registrou, em fevereiro, aumento de 50% no número de vítimas de homicídio. Nas sete cidades, foram 18 ocorrências contra 12 no mesmo período do ano passado. O cenário regional vai na contramão do estadual e também da Capital, que registraram quedas de 10,98% e 29,41%, respectivamente (veja dados na tabela). Os números foram divulgado na manhã de ontem pela SSP (Secretaria de Segurança Pública) e integram a série de estatísticas criminais publicadas mensalmente pela pasta.

Consultor e ex-secretário nacional de Segurança Pública, José Vicente da Silva Filho avaliou que o aumento na região é preocupante, mas alertou sobre a necessidade de se analisar caso a caso. “Quando a gente fala 50% é um impacto grande. Na verdade são seis casos”, pontuou. “Claro que as autoridades precisam estar atentas, verificar as características de cada crime, antes de falarmos em uma tendência de aumento na violência”, ponderou.

Os casos de roubo de veículos no Grande ABC registraram queda. Foram 645 ocorrências em 2018 e 543 em 2019, recuo de 15,81%. Também houve redução no número de furtos de veículos: 748 este ano contra 839 no ano passado, decréscimo de 10,85%. Outros índices que apresentaram queda foram o de roubos em geral, com recuo de 14,03% (passaram de 2067 casos em 2018 para 1.777 em 2019) e furtos em geral, que caíram 17,33 (foram 1.714 ocorrências no ano passado e 1.417 este ano). Os crimes de estupros apresentaram aumento de 28,57%, passando de sete casos em 2018 para nove em 2019.

O CPAM/6 (Comando de Policiamento de Área Metropolitana Seis) atribuiu a queda nos índices às medidas de intensificação de operações como a São Paulo Mais Segura, Rodovia Mais Segura, Madrugada Segura, Força Total, Força Metropolitana Regional, Cavalo de Aço e Operações Pancadão, com ênfase para os locais em que mais se registram os delitos. “Além da diminuição dos furtos, no mês de fevereiro de 2019 foram 530 veículos recuperados, totalizando, no primeiro bimestre deste ano, 1.009 automóveis devolvidos aos seus proprietários.” A corporação não comentou o aumento no número de vítimas de homicídios.

ESTADO

O Estado de São Paulo fechou o segundo mês do ano de 2019 com queda de 20,98% nos roubos de veículos, de 4.508 em 2018 para 3.562 em 2019. Furtos de veículo também apresentaram, recuo, de 10,24%: foram 8.057 ocorrências ano passado e 7.232 neste ano.

 

 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;