Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 21 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Brasil terá força máxima contra o Chile

Da AFP Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Fernando Cappelli
Do Diário do Grande ABC

27/06/2010 | 07:02


Um dia depois do empate por 0 a 0 com Portugal, que garantiu o primeiro lugar do Brasil no Grupo G da Copa do Mundo, os jogadores reservas da Seleção, reforçados por Kaká, Robinho e Elano (ficaram de fora na sexta-feira), voltaram a treinar no Saint Sthithians College, em Johannesburgo.

Os três titulares estão confirmados para a partida de oitavas de final contra o Chile, amanhã, no Estádio Ellis Park. Kaká cumpriu suspensão, aproveitou o tempo distante para reforçar o tratamento da pubalgia e pode retornar sem problemas. Elano está recuperado de pancada recebida contra a Costa do Marfim, e Robinho foi poupado contra os lusitanos por sentir dores musculares.

O problema da vez é o volante Felipe Melo, que está com o tornozelo esquerdo inchado, depois de sofrer falta violenta de Pepe ainda no primeiro tempo do jogo contra os portugueses.

Caso o jogador não se recupere a tempo, a probabilidade é de que o técnico Dunga opte por Josué, que entrou no lugar dele contra os portugueses.

Além disso, Júlio Baptista, que jogou no lugar de Kaká, também está em tratamento, com o joelho direito inchado. Mas como volta para o banco, não é tanta a preocupação para o treinador. Hoje, o Brasil volta a treinar, mas desta vez na Randburg High School, próximo da concentração, o Fairway Hotel.

‘La Roja' vê jogo como vingança
O retrospecto na Era Dunga dá ao Brasil amplo favoritismo para enfrentar o Chile. Nos últimos cinco jogos, a Seleção chegou a cinco vitórias, com 20 gols marcados e somente três sofridos. Após a suada classificação na derrota por 2 a 1 para a Espanha, os jogadores da La Roja já sonham com vingança em alto nível neste reencontro.

"É impossível não pensar no que aconteceu contra o Brasil. É uma conta pendente. Vamos reverter essa nefasta situação", afirmou o zagueiro Pablo Contreras, um dos novos titulares da zaga depois das suspensões de Ponce e Medel.

Para o lateral-direito Isla, o Chile tem plenas condições de superar os pentacampeões se conseguir repetir o futebol dos primeiros minutos do duelo diante dos espanhóis. "Podemos romper essa história e ganhar de um Brasil poderoso. Estamos perfeitamente bem. Fomos perfeitos até o gol da Espanha. Colocamos nosso jogo. Não podemos cometer os mesmos erros", acrescentou. (Das Agências)



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Brasil terá força máxima contra o Chile

Fernando Cappelli
Do Diário do Grande ABC

27/06/2010 | 07:02


Um dia depois do empate por 0 a 0 com Portugal, que garantiu o primeiro lugar do Brasil no Grupo G da Copa do Mundo, os jogadores reservas da Seleção, reforçados por Kaká, Robinho e Elano (ficaram de fora na sexta-feira), voltaram a treinar no Saint Sthithians College, em Johannesburgo.

Os três titulares estão confirmados para a partida de oitavas de final contra o Chile, amanhã, no Estádio Ellis Park. Kaká cumpriu suspensão, aproveitou o tempo distante para reforçar o tratamento da pubalgia e pode retornar sem problemas. Elano está recuperado de pancada recebida contra a Costa do Marfim, e Robinho foi poupado contra os lusitanos por sentir dores musculares.

O problema da vez é o volante Felipe Melo, que está com o tornozelo esquerdo inchado, depois de sofrer falta violenta de Pepe ainda no primeiro tempo do jogo contra os portugueses.

Caso o jogador não se recupere a tempo, a probabilidade é de que o técnico Dunga opte por Josué, que entrou no lugar dele contra os portugueses.

Além disso, Júlio Baptista, que jogou no lugar de Kaká, também está em tratamento, com o joelho direito inchado. Mas como volta para o banco, não é tanta a preocupação para o treinador. Hoje, o Brasil volta a treinar, mas desta vez na Randburg High School, próximo da concentração, o Fairway Hotel.

‘La Roja' vê jogo como vingança
O retrospecto na Era Dunga dá ao Brasil amplo favoritismo para enfrentar o Chile. Nos últimos cinco jogos, a Seleção chegou a cinco vitórias, com 20 gols marcados e somente três sofridos. Após a suada classificação na derrota por 2 a 1 para a Espanha, os jogadores da La Roja já sonham com vingança em alto nível neste reencontro.

"É impossível não pensar no que aconteceu contra o Brasil. É uma conta pendente. Vamos reverter essa nefasta situação", afirmou o zagueiro Pablo Contreras, um dos novos titulares da zaga depois das suspensões de Ponce e Medel.

Para o lateral-direito Isla, o Chile tem plenas condições de superar os pentacampeões se conseguir repetir o futebol dos primeiros minutos do duelo diante dos espanhóis. "Podemos romper essa história e ganhar de um Brasil poderoso. Estamos perfeitamente bem. Fomos perfeitos até o gol da Espanha. Colocamos nosso jogo. Não podemos cometer os mesmos erros", acrescentou. (Das Agências)

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;