Fechar
Publicidade

Domingo, 20 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Fim de semana dedicado ao rap

Divulgação  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Sesc Santo André recebe mais uma edição do Festival Batuque, que terá cantor internacional


Vanessa Soares Oliveira

29/11/2017 | 07:00


 Um sábado e domingo dedicados ao rap nacional, internacional e ao melhor da black music é o que promete a oitava edição do Festival Batuque, que acontece sábado e domingo, a partir das 17h, no Sesc Santo André. Neste ano, o evento, tradicional na unidade, remete às suas raízes e traz como destaque duas apresentações de Raekwon, um dos principais integrantes do Wu-Tang Clan – grupo de hip hop norte-americano radicado em Nova York.

Em conversa com o Diário, Rodrigo Brandão, curador do festival, reforça sua relevância. “O Batuque é importante primeiro porque é muito difícil vermos eventos com uma periodicidade quando estamos lidando com música africana. Existem festivais de rock, de pop, mas de música negra é difícil. Isso é um diferencial. E outro ponto é que esses artistas da black music internacional quando vem para o Brasil não se apresentam para o público deles. Sempre fazem shows com ingressos caros”, explica.

Além da atração internacional, outras 12 nacionais estarão no lineup no festival, que também conta com a presença forte de artistas mulheres, entre elas Doce Brisa – dupla formada pela rapper mineira Brisa Flow e sua conterrânea Mc Bárbara Sweet, ambas com carreira solo consolidada – que aproveitará a ocasião para lançar um EP de estreia; Mc Flora Matos, que lançou neste ano o primeiro disco solo Eletrocardiograma, aclamado pelo público, além de Rimas e Melodia, grupo idealizado pela DJ Mayra Maldijan, que conta com Tássia Reis, Mc Stephanie, Drika Barbosa, Alt Niss, Karol de Souza e Tatiana Bispo. “A escolha dos artistas sempre é baseada em três coisas: se tem a ver com o tipo de música, se lançou álbum desde o festival anterior e se esse trabalho ecoou e teve relevância, como é o caso do Rincon (Sapiência, que também se apresenta no festival).

Outro destaque é a presença feminina, Sempre tentamos colocar o máximo de mulheres, mas teve ano que não conseguimos trazer porque não tinha nenhum lançamento”, destaca Brandão. Além das mulheres e de Sapiência, o festival conta ainda com a presença de Rael, Síntese, Master San, Só Disco Salva, Black Snake 808, Dj Vitonez e Kamau.

Os ingressos para sábado já estão esgotados, então quem não quiser perder a oportunidade precisa correr para garantir a entrada no domingo. O Sesc disponibiliza nos dois dias serviço de transporte gratuito que parte da estação Prefeito Celso Daniel da CPTM (Rua Itambé, 87). Basta apresentar o ingresso.

Festival Batuque – Shows. Sesc Santo André – Rua Tamarutaca, 302. Sábado e domingo, a partir das 17h. Ingr.: R$ 20 e R$ 40. Vendas na bilheteria ou pelo www.sescsp.org.br.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Fim de semana dedicado ao rap

Sesc Santo André recebe mais uma edição do Festival Batuque, que terá cantor internacional

Vanessa Soares Oliveira

29/11/2017 | 07:00


 Um sábado e domingo dedicados ao rap nacional, internacional e ao melhor da black music é o que promete a oitava edição do Festival Batuque, que acontece sábado e domingo, a partir das 17h, no Sesc Santo André. Neste ano, o evento, tradicional na unidade, remete às suas raízes e traz como destaque duas apresentações de Raekwon, um dos principais integrantes do Wu-Tang Clan – grupo de hip hop norte-americano radicado em Nova York.

Em conversa com o Diário, Rodrigo Brandão, curador do festival, reforça sua relevância. “O Batuque é importante primeiro porque é muito difícil vermos eventos com uma periodicidade quando estamos lidando com música africana. Existem festivais de rock, de pop, mas de música negra é difícil. Isso é um diferencial. E outro ponto é que esses artistas da black music internacional quando vem para o Brasil não se apresentam para o público deles. Sempre fazem shows com ingressos caros”, explica.

Além da atração internacional, outras 12 nacionais estarão no lineup no festival, que também conta com a presença forte de artistas mulheres, entre elas Doce Brisa – dupla formada pela rapper mineira Brisa Flow e sua conterrânea Mc Bárbara Sweet, ambas com carreira solo consolidada – que aproveitará a ocasião para lançar um EP de estreia; Mc Flora Matos, que lançou neste ano o primeiro disco solo Eletrocardiograma, aclamado pelo público, além de Rimas e Melodia, grupo idealizado pela DJ Mayra Maldijan, que conta com Tássia Reis, Mc Stephanie, Drika Barbosa, Alt Niss, Karol de Souza e Tatiana Bispo. “A escolha dos artistas sempre é baseada em três coisas: se tem a ver com o tipo de música, se lançou álbum desde o festival anterior e se esse trabalho ecoou e teve relevância, como é o caso do Rincon (Sapiência, que também se apresenta no festival).

Outro destaque é a presença feminina, Sempre tentamos colocar o máximo de mulheres, mas teve ano que não conseguimos trazer porque não tinha nenhum lançamento”, destaca Brandão. Além das mulheres e de Sapiência, o festival conta ainda com a presença de Rael, Síntese, Master San, Só Disco Salva, Black Snake 808, Dj Vitonez e Kamau.

Os ingressos para sábado já estão esgotados, então quem não quiser perder a oportunidade precisa correr para garantir a entrada no domingo. O Sesc disponibiliza nos dois dias serviço de transporte gratuito que parte da estação Prefeito Celso Daniel da CPTM (Rua Itambé, 87). Basta apresentar o ingresso.

Festival Batuque – Shows. Sesc Santo André – Rua Tamarutaca, 302. Sábado e domingo, a partir das 17h. Ingr.: R$ 20 e R$ 40. Vendas na bilheteria ou pelo www.sescsp.org.br.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;