Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 15 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Região tem 88,5 mil no Enem

DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Número é 17,5% menor do que em 2016; prova de hoje, com redação, começa às 13h30


Vanessa de Oliveira
Do Diário do Grande ABC

05/11/2017 | 07:00


 Nas sete cidades do Grande ABC, 88,5 mil pessoas participarão, hoje, da primeira fase da prova de avaliação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), e, por meio da nota conquistada, poderão pleitear vagas em instituições públicas ou conseguir bolsas de estudo em faculdades particulares, além do financiamento de mensalidades.

O número de interessados neste ano é 17,5% menor do que o registrado em 2016, quando foram contabilizadas 107,3 mil inscrições. Embora a União não justifique o recuo, ele pode ser atribuído à exclusão da regra que permitia que o exame fosse usado como diploma do Ensino Médio.

O município com o maior volume de inscritos é Santo André, com 24.455, seguido por São Bernardo (24.168), Diadema (15.557), Mauá (11.153), São Caetano (8.537), Ribeirão Pires (3.396) e Rio Grande da Serra (1.234). A quantidade de instituições de ensino que sediarão a aplicação do exame não foi informada pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), sob a justificativa de que, “por motivos de segurança”, o órgão “não divulga o quantitativo ou relação de locais de prova por região ou município”. Em todo o Brasil, 6,7 milhões de inscritos farão a prova e cerca de 600 mil pessoas vão trabalhar no exame.

Neste ano, o Enem apresenta nova configuração: acontecerá em dois domingos consecutivos, resultado de escolha da sociedade, convidada a opinar por meio de uma consulta pública promovida pelo MEC (Ministério da Educação) e pelo Inep, em janeiro.

Outra novidade é que a redação passa a ser aplicada no primeiro dia de prova, ou seja, hoje, juntamente com as avaliações de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Ciências Humanas e suas Tecnologias. A duração é de cinco horas e 30 minutos. No dia 12, serão aplicados os testes de Ciência da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias, com duração de quatro horas e 30 minutos.

Os portões dos locais da prova abrem ao meio-dia e fecham às 13h. A avaliação começa às 13h30, com término às 19h. Os participantes devem levar documento oficial de identificação original com foto e caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente.

O resultado será divulgado, por área de conhecimento, em janeiro de 2018, na página do participante e no aplicativo Enem 2017. Quem faz o exame como treineiro, para autoavaliação dos conhecimentos, terá de esperar por, pelo menos, 60 dias depois da divulgação dos resultados finais para conhecer a pontuação.

 

DECISÃO

A presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministra Cármen Lúcia, negou ontem os pedidos de liminar feitos pela PGR (Procuradoria-Geral da República) e pela AGU (Advocacia-Geral da União), que queriam permitir a anulação das redações do Enem que desrespeitem direitos humanos, conforme previsto no edital do Inep.

 

Paços descartam mudanças no trânsito

A realização do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), que sempre carrega o trânsito nos arredores dos locais da prova, não implicará mudanças viárias.

Em Santo André, a Prefeitura, por meio da SATrans, concessionária que administra o sistema de transporte público na cidade, vai reforçar as linhas de ônibus que circulam nos quatro pontos onde os exames serão realizados: na Fundação Santo André, Anhanguera/UniABC, Anhanguera Senador Flaquer e Alberto Benedetti. O DET (Departamento de Engenharia de Tráfego) fará esquema especial de monitoramento do trânsito para preservar a fluidez.

Em São Bernardo, o departamento de trânsito dará suporte e fará fiscalização mais rigorosa no entorno das escolas que estiverem aplicando as provas do Enem, com o objetivo de garantir a fluidez do trânsito e evitar transtornos antes, durante e depois do horário da prova. Também não haverá alteração no viário.

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Região tem 88,5 mil no Enem

Número é 17,5% menor do que em 2016; prova de hoje, com redação, começa às 13h30

Vanessa de Oliveira
Do Diário do Grande ABC

05/11/2017 | 07:00


 Nas sete cidades do Grande ABC, 88,5 mil pessoas participarão, hoje, da primeira fase da prova de avaliação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), e, por meio da nota conquistada, poderão pleitear vagas em instituições públicas ou conseguir bolsas de estudo em faculdades particulares, além do financiamento de mensalidades.

O número de interessados neste ano é 17,5% menor do que o registrado em 2016, quando foram contabilizadas 107,3 mil inscrições. Embora a União não justifique o recuo, ele pode ser atribuído à exclusão da regra que permitia que o exame fosse usado como diploma do Ensino Médio.

O município com o maior volume de inscritos é Santo André, com 24.455, seguido por São Bernardo (24.168), Diadema (15.557), Mauá (11.153), São Caetano (8.537), Ribeirão Pires (3.396) e Rio Grande da Serra (1.234). A quantidade de instituições de ensino que sediarão a aplicação do exame não foi informada pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), sob a justificativa de que, “por motivos de segurança”, o órgão “não divulga o quantitativo ou relação de locais de prova por região ou município”. Em todo o Brasil, 6,7 milhões de inscritos farão a prova e cerca de 600 mil pessoas vão trabalhar no exame.

Neste ano, o Enem apresenta nova configuração: acontecerá em dois domingos consecutivos, resultado de escolha da sociedade, convidada a opinar por meio de uma consulta pública promovida pelo MEC (Ministério da Educação) e pelo Inep, em janeiro.

Outra novidade é que a redação passa a ser aplicada no primeiro dia de prova, ou seja, hoje, juntamente com as avaliações de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Ciências Humanas e suas Tecnologias. A duração é de cinco horas e 30 minutos. No dia 12, serão aplicados os testes de Ciência da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias, com duração de quatro horas e 30 minutos.

Os portões dos locais da prova abrem ao meio-dia e fecham às 13h. A avaliação começa às 13h30, com término às 19h. Os participantes devem levar documento oficial de identificação original com foto e caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente.

O resultado será divulgado, por área de conhecimento, em janeiro de 2018, na página do participante e no aplicativo Enem 2017. Quem faz o exame como treineiro, para autoavaliação dos conhecimentos, terá de esperar por, pelo menos, 60 dias depois da divulgação dos resultados finais para conhecer a pontuação.

 

DECISÃO

A presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministra Cármen Lúcia, negou ontem os pedidos de liminar feitos pela PGR (Procuradoria-Geral da República) e pela AGU (Advocacia-Geral da União), que queriam permitir a anulação das redações do Enem que desrespeitem direitos humanos, conforme previsto no edital do Inep.

 

Paços descartam mudanças no trânsito

A realização do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), que sempre carrega o trânsito nos arredores dos locais da prova, não implicará mudanças viárias.

Em Santo André, a Prefeitura, por meio da SATrans, concessionária que administra o sistema de transporte público na cidade, vai reforçar as linhas de ônibus que circulam nos quatro pontos onde os exames serão realizados: na Fundação Santo André, Anhanguera/UniABC, Anhanguera Senador Flaquer e Alberto Benedetti. O DET (Departamento de Engenharia de Tráfego) fará esquema especial de monitoramento do trânsito para preservar a fluidez.

Em São Bernardo, o departamento de trânsito dará suporte e fará fiscalização mais rigorosa no entorno das escolas que estiverem aplicando as provas do Enem, com o objetivo de garantir a fluidez do trânsito e evitar transtornos antes, durante e depois do horário da prova. Também não haverá alteração no viário.

 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;