Fechar
Publicidade

Domingo, 15 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Ministro iraniano prevê que Opep fechará acordo, mas descarta congelamento



30/11/2016 | 06:11


O ministro do petróleo do Irã, Bijan Zanganeh, disse estar confiante de que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) chegará a um acordo sobre sua produção na reunião de cúpula que fará hoje em Viena, mas ressaltou que um congelamento imediato da produção iraniana não está em discussão.

Zanganeh, que falou a repórteres quando se encaminhava para um café da manhã com outros ministros da pasta em Viena, acenou positivamente ao ser perguntado se algumas das propostas feitas pelo cartel são aceitável para Teerã.

"Tenho boas expectativas para a reunião", disse Zanganeh, acrescentando, porém, que não há conversas sobre congelamento no curto prazo.

A Opep vai de reunir para discutir uma proposta preliminar de cortes na produção do grupo, mas o Irã vem tentando ser excluído de um eventual acordo à medida que tenta impulsionar sua produção aos níveis que exibia antes de sofrer sanções internacionais, que foram suspensas no começo do ano.

Delegados que participam do encontro de hoje disseram que a Opep ofereceu ao Irã um acordo que levaria Teerã a congelar ou reduzir sua produção apenas quando o país estiver produzindo cerca de 4 milhões de barris por dia. Fonte: Dow Jones Newswires.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ministro iraniano prevê que Opep fechará acordo, mas descarta congelamento


30/11/2016 | 06:11


O ministro do petróleo do Irã, Bijan Zanganeh, disse estar confiante de que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) chegará a um acordo sobre sua produção na reunião de cúpula que fará hoje em Viena, mas ressaltou que um congelamento imediato da produção iraniana não está em discussão.

Zanganeh, que falou a repórteres quando se encaminhava para um café da manhã com outros ministros da pasta em Viena, acenou positivamente ao ser perguntado se algumas das propostas feitas pelo cartel são aceitável para Teerã.

"Tenho boas expectativas para a reunião", disse Zanganeh, acrescentando, porém, que não há conversas sobre congelamento no curto prazo.

A Opep vai de reunir para discutir uma proposta preliminar de cortes na produção do grupo, mas o Irã vem tentando ser excluído de um eventual acordo à medida que tenta impulsionar sua produção aos níveis que exibia antes de sofrer sanções internacionais, que foram suspensas no começo do ano.

Delegados que participam do encontro de hoje disseram que a Opep ofereceu ao Irã um acordo que levaria Teerã a congelar ou reduzir sua produção apenas quando o país estiver produzindo cerca de 4 milhões de barris por dia. Fonte: Dow Jones Newswires.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;