Fechar
Publicidade

Domingo, 8 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

População pede mais segurança no Jardim Maria Cecília


Leonardo dos Santos
especial para o Diário

10/11/2016 | 07:07


Moradores do bairro Jardim Maria Cecília, em São Bernardo, estão insatisfeitos com a falta de segurança no local. A população relata frequentes furtos de carros e celulares na Rua Secondo Modolin, próximo ao Hospital e Pronto-Socorro Central do município.

A equipe do Diário esteve na rua na manhã de ontem e não constatou nenhum policiamento na área. De acordo com os munícipes, as ações dos criminosos são rápidas e acontecem o tempo todo, principalmente à noite e pela manhã, quando há pouca iluminação na via.

O administrador Wanderlei Gonçalves, 45 anos, foi uma das vítimas dos criminosos que atuam na área. Ele teve seu carro furtado enquanto estava num comércio da via. “Foi muito rápido. Ninguém viu ou ouviu nada. Eu já escutava falar sobre os roubos, mas a gente acha que não vai acontecer> (conosco).”

A comerciante Natália Torres, 31, trabalha em uma padaria na rua e conta que sempre vê ações criminosas perto do estabelecimento. “Outro dia uma cliente veio, almoçou e quando foi embora o carro dela não estava mais lá”, comenta.

O sentimento de insegurança está presente em toda vizinhança da via. “Tenho medo de abrir o comércio pela manhã, porque a rua tem pouco movimento”, revela Laíza Lopes, 35.

De acordo com a Polícia Militar, de janeiro a novembro foram registradas 16 ocorrências na rua, sendo seis furtos de veículos, oito roubos de carros e três furtos em geral.

Segundo a Polícia Militar, com base nesses números, o policiamento da área “vem realizando diversas ações para redução dos índices criminais, utilizando-se de policiais militares”.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

População pede mais segurança no Jardim Maria Cecília

Leonardo dos Santos
especial para o Diário

10/11/2016 | 07:07


Moradores do bairro Jardim Maria Cecília, em São Bernardo, estão insatisfeitos com a falta de segurança no local. A população relata frequentes furtos de carros e celulares na Rua Secondo Modolin, próximo ao Hospital e Pronto-Socorro Central do município.

A equipe do Diário esteve na rua na manhã de ontem e não constatou nenhum policiamento na área. De acordo com os munícipes, as ações dos criminosos são rápidas e acontecem o tempo todo, principalmente à noite e pela manhã, quando há pouca iluminação na via.

O administrador Wanderlei Gonçalves, 45 anos, foi uma das vítimas dos criminosos que atuam na área. Ele teve seu carro furtado enquanto estava num comércio da via. “Foi muito rápido. Ninguém viu ou ouviu nada. Eu já escutava falar sobre os roubos, mas a gente acha que não vai acontecer> (conosco).”

A comerciante Natália Torres, 31, trabalha em uma padaria na rua e conta que sempre vê ações criminosas perto do estabelecimento. “Outro dia uma cliente veio, almoçou e quando foi embora o carro dela não estava mais lá”, comenta.

O sentimento de insegurança está presente em toda vizinhança da via. “Tenho medo de abrir o comércio pela manhã, porque a rua tem pouco movimento”, revela Laíza Lopes, 35.

De acordo com a Polícia Militar, de janeiro a novembro foram registradas 16 ocorrências na rua, sendo seis furtos de veículos, oito roubos de carros e três furtos em geral.

Segundo a Polícia Militar, com base nesses números, o policiamento da área “vem realizando diversas ações para redução dos índices criminais, utilizando-se de policiais militares”.
 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;