Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 1 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Bandido seqüestra ator do cinema indiano


Do Diário do Grande ABC

31/07/2000 | 12:21


Um bandido, conhecido na India pelo nome de Veerapan, seqüestrou um famoso ator de cinema e mais três membros de sua família, provocando tensoes intercomunitárias no Estado de Karnataka, ao Sul do país, com o fechamento do comércio e das escolas.

Rajkumar, 74 anos, que participou de mais de 200 filmes, foi seqüestrado no domingo em sua nova mansao, localizada na regiao florestal do Estado vizinho de Tamil Nadu (Sudeste), informou o ministro principal de Karnataka, S. M. Krishna, durante uma coletiva de imprensa em Bangalore.

O ator é muito popular no Sul da India. Sua carreira cinematográfica começou há 50 anos e recebeu em 1997 a mais alta recompensa do cinema indiano, o ``Dadasaheb Phalke Award''.

A notícia de seu seqüestro provocou incidentes intercomunitários entre tamis e Kannadiga, nesta segunda-feira, em Bangalore, capital do Estado de Karnataka, segundo um porta-voz policial. Pouco mais tarde, foi imposto um cessar-fogo na cidade. O bandido Veerapan é tamil, enquanto que o ator é Kannadiga, grupo étnico dominante no Estado de Karnataka.

Centenas de admiradores de Rajkumar correram pelas ruas de Bangalore, gritando slogans hostis ao bandido e obrigando os comerciantes a fechar suas portas. As escolas decretaram folga, por medo de possíveis depredaçoes.

Segundo Krishna, Veerappan deixou uma fita para a mulher de Rajkumar com instruçoes para que fosse entregue ao chefe de governo de Karnataka.

Nesta segunda-feira, se ignorava se o pedido de resgate foi ou nao feito para a libertaçao de Rajkumar.

As autoridades atribuem a Veerappan mais de 100 mortes. Também o acusam de seqüestros e tráfico de sândalo e marfim.

Veerapan, conhecido por seus longos e típicos bigodes, opera nos bosques de Karnataka e de Tamil Nadu. Ele teria matado seu primeiro elefante aos 14 anos. Segundo o próprio bandido atualmente a lista de elefantes que matou chega a 200.

As autoridades já haviam anunciado, antes do seqüestro de Rajkumar, uma recompensa de US$ 33 mil para quem conseguisse prendê-lo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bandido seqüestra ator do cinema indiano

Do Diário do Grande ABC

31/07/2000 | 12:21


Um bandido, conhecido na India pelo nome de Veerapan, seqüestrou um famoso ator de cinema e mais três membros de sua família, provocando tensoes intercomunitárias no Estado de Karnataka, ao Sul do país, com o fechamento do comércio e das escolas.

Rajkumar, 74 anos, que participou de mais de 200 filmes, foi seqüestrado no domingo em sua nova mansao, localizada na regiao florestal do Estado vizinho de Tamil Nadu (Sudeste), informou o ministro principal de Karnataka, S. M. Krishna, durante uma coletiva de imprensa em Bangalore.

O ator é muito popular no Sul da India. Sua carreira cinematográfica começou há 50 anos e recebeu em 1997 a mais alta recompensa do cinema indiano, o ``Dadasaheb Phalke Award''.

A notícia de seu seqüestro provocou incidentes intercomunitários entre tamis e Kannadiga, nesta segunda-feira, em Bangalore, capital do Estado de Karnataka, segundo um porta-voz policial. Pouco mais tarde, foi imposto um cessar-fogo na cidade. O bandido Veerapan é tamil, enquanto que o ator é Kannadiga, grupo étnico dominante no Estado de Karnataka.

Centenas de admiradores de Rajkumar correram pelas ruas de Bangalore, gritando slogans hostis ao bandido e obrigando os comerciantes a fechar suas portas. As escolas decretaram folga, por medo de possíveis depredaçoes.

Segundo Krishna, Veerappan deixou uma fita para a mulher de Rajkumar com instruçoes para que fosse entregue ao chefe de governo de Karnataka.

Nesta segunda-feira, se ignorava se o pedido de resgate foi ou nao feito para a libertaçao de Rajkumar.

As autoridades atribuem a Veerappan mais de 100 mortes. Também o acusam de seqüestros e tráfico de sândalo e marfim.

Veerapan, conhecido por seus longos e típicos bigodes, opera nos bosques de Karnataka e de Tamil Nadu. Ele teria matado seu primeiro elefante aos 14 anos. Segundo o próprio bandido atualmente a lista de elefantes que matou chega a 200.

As autoridades já haviam anunciado, antes do seqüestro de Rajkumar, uma recompensa de US$ 33 mil para quem conseguisse prendê-lo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;