Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 13 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Bomba pode ter destruído avião Hércules britânico no Iraque


Da AFP

01/02/2005 | 08:29


O avião Hércules britânico C-130 que explodiu no domingo no Iraque com dez passageiros a bordo pode ter sido destruído por uma bomba detonada em seu interior em pleno vôo, de acordo com o jornal londrino The Sun. As primeiras informações eram de que a aeronave havia sido abatida por um míssil.

O avião de transporte da RAF (Royal Air Force) explodiu no domingo ao noroeste de Bagdá, matando sua tripulação — nove membros da RAF e um soldado. Esta foi a maior perda de efetivos britânicos em um mesmo dia desde o início da invasão do Iraque, em março de 2003.

O Ministério britânico da Defesa em Londres está investigando o caso, mas ainda não se pronunciou o oficialmente sobre as hipóteses levantadas pelos jornais.

Na segunda-feira, a rede árabe Al-Jazeera divulgou um vídeo que mostra insurgentes iraquianos derrubando o aparelho com o lançamento de um míssil.

O The Sun menciona, porém, "uma importante fonte no Ministério" que garante que o avião voava de Bagdá para Balad a 4,5 mil metros de altitude quando explodiu, ou seja, muito alto para ser atingido por um míssil.

De acordo com a mesma fonte, os investigadores tentam verificar se havia uma bomba no interior do helicóptero. "Está claro que o C-130 explodiu no ar e foi pulverizado em milhares de pedaços", completou a fonte.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bomba pode ter destruído avião Hércules britânico no Iraque

Da AFP

01/02/2005 | 08:29


O avião Hércules britânico C-130 que explodiu no domingo no Iraque com dez passageiros a bordo pode ter sido destruído por uma bomba detonada em seu interior em pleno vôo, de acordo com o jornal londrino The Sun. As primeiras informações eram de que a aeronave havia sido abatida por um míssil.

O avião de transporte da RAF (Royal Air Force) explodiu no domingo ao noroeste de Bagdá, matando sua tripulação — nove membros da RAF e um soldado. Esta foi a maior perda de efetivos britânicos em um mesmo dia desde o início da invasão do Iraque, em março de 2003.

O Ministério britânico da Defesa em Londres está investigando o caso, mas ainda não se pronunciou o oficialmente sobre as hipóteses levantadas pelos jornais.

Na segunda-feira, a rede árabe Al-Jazeera divulgou um vídeo que mostra insurgentes iraquianos derrubando o aparelho com o lançamento de um míssil.

O The Sun menciona, porém, "uma importante fonte no Ministério" que garante que o avião voava de Bagdá para Balad a 4,5 mil metros de altitude quando explodiu, ou seja, muito alto para ser atingido por um míssil.

De acordo com a mesma fonte, os investigadores tentam verificar se havia uma bomba no interior do helicóptero. "Está claro que o C-130 explodiu no ar e foi pulverizado em milhares de pedaços", completou a fonte.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;